quarta-feira, 8 de abril de 2009

A ANGLO AMERICAN FAZ COMUNICAÇÃO SOCIAL CRESCER NA ÁREA DO MEGA EMPREENDIMENTO DO MINERIODUTO E PORTO DO AÇU

Acabo de receber em minha casa, pelos correios, a Revista Diálogo, uma produção de comunicação social do grupo Anglo American que executa as obras do minerioduto e porto. Trata-se do n.º 03 que engloba os meses de março e abril de 2009.
A publicação demonstra a responsabilidade sócio-ambiental dos empreendedores envolvidos neste mega projeto que vem prometendo mudar a região. Também presta contas sobre as obras do minerioduto e das obras offshore (pier) que estão sendo construídos no Açu, em São João da Barra.
Um destaque especial é dado para a proteção das tartarugas caretta caretta em nossa costa, através da empresa Nekton e também da construção, em breve, do Terminal pesqueiro de Atafona.
O Porto do Açu, que vai escoar a produção transportada pelo minerioduto, avança sobre o litoral de São João da Barra, no Norte Fluminense. A implantação começou em setembro de 2007. Cerca de 520 metros de estrutura offshore (sobre o mar) estão prontos, além de outros 500 metros erguidos em terra. No total, a ponte de acesso aos pieres terá 2.900 metros de comprimento e 26,5 metros de largura.
Considerada a maior obra portuária em execução no Brasil, o complexo do Açu emprega cerca de 1.500 colaboradores; 47% da região. Atualmente, 18 empresas estão contratadas para atuar na execução, fiscalização e gerenciamento de obras.
Destaque especial ao talento sanjoanense
Além dos inúmeros trabalhadores sanjoanenses no campo administrativo e operacional do Porto do Açu, destaco aqui a foto de capa da Revista Diálogo que estampou uma imagem impressionante dos avanços da construção do píer do Porto do Açu e na mesma foto o caminho das tartarugas cabeçudas para o mar, captadas pelas lentes mágicas do competente fotógrafo e futuro designer gráfico sanjoanense Luan Abreu.

Foto : Luan Abreu em descontração total. (foto de seu site de relacionamentos).

Todos nós, que conhecemos e convivemos com Luan Abreu, sabemos do seu potencial artístico, comunicativo e agora paisagístico. Tudo deve-se ao fato do menino ser talentoso e profissionalíssimo, sendo proveniente de excelente família, filho do querido Jorge e Márcinha de "Dona Delma". Esperamos em breve que Luan possa nos apresentar uma exposição de seus maravilhosos trabalhos, o que vem a dar crédito do talento sanjoanense junto à empresa Tela viva, do amigo Guto Gomes.

Um comentário:

"nos na rua" disse...

Fico muito tocado pelas bonitas palavras que se comparam muito com os adjetivos que tenho a falar sobre você!
Continuemos então, nós, a fazer nosso trabalho, muito bem feito!
Abraços!