quarta-feira, 28 de abril de 2010

EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ALBERT EINSTEIN MENCIONA O SANJOANENSE DOMINGOS FERNANDES DA COSTA

Exposição Internacional "Einstein"
Durante os trabalhos que estou participando junto às oficinas promovidas pelo Ministério do Turismo e pelo IBRAM - Instituto Brasileiro de Museus, que acontecem no Museu Histórico Nacional, pude ter a grande sorte de conhecer a belíssima exposição sobre a vida de Einstein, e o melhor, pude presenciar fotos e relatos da sua expedição , em 1919 e 1925, à Sobral e no Rio , nos quais o nosso sanjoanense Domingos Fernandes da Costa, reconhecido astrônomo, fez parte da equipe recepcionando o nobre cientista. A exposição é um luxo e merece ser vista pelos sanjoanenses que tiverem oportunidade, principalmente os estudantes de nossa terra.
Em cartaz de 7 de abril a 6 de junho de 2010, a exposição internacional "Einstein" é fruto de uma parceria entre o Instituto Sangari e o American Museum of Natural History, localizado em Nova York, e apresenta a vida e as descobertas de um dos maiores gênios do século XX, através de documentos raros, instalações interativas e obras de arte.
"A curiosidade é mais importante que o conhecimento", disse Einstein, um dos maiores curiosos da história da humanidade. Despertar o espírito questionador que existe em cada criança, jovem e adulto é o objetivo dessa exposição, que já foi vista por mais de 2 milhões de pessoas no mundo. Originalmente concebida pelo American Museum of Natural History, a exposição foi ampliada e adaptada ao público brasileiro pelo Instituto Sangari.
Dividida em 10 seções, que incluem a passagem do cientista pelo Brasil, a mostra desvenda o belo e fantástico universo de Einstein. São elas: Vida e tempo, Luz, Tempo, Átomos, Energia, Gravidade, Guerra e Paz, Cidadão Global, Legado e Einstein no Brasil. Com elas, o visitante conhece não somente o homem por trás da ciência como também se aproxima de suas complexas teorias. Tudo isso é apresentado por meio de objetos pessoais, fotos, fac-símiles de cartas, manuscritos e uma série de instalações interativas.
A idéia é provocar no observador o interesse por descobrir mais sobre assuntos como a velocidade da luz e noções como as de tempo e movimento. Questões que estão presentes no nosso cotidiano e que foram desvendadas por Einstein, dando origem a inovações como o laser, o GPS e a fibra ótica.
Instalações Interativas
Uma das características marcantes nas exposições organizadas pelo Instituto Sangari é a utilização de tecnologia de ponta para ajudar a entender assuntos muitas vezes de difícil compreensão. Em "Einstein" foram utilizados uma série de recursos tecnológicos e visuais para explicar temas complexos que tornam a visita instigante e divertida. Entre os atrativos preparados para esta mostra estão um cinema 3D que leva o espectador a uma incrível viagem pelo espaço e uma mesa high-tech que abre buracos negros quando é tocada.
Informações: www.einsteinbrasil.com.br

terça-feira, 27 de abril de 2010

CAMELÓDROMO PEGA FOGO NO RIO DE JANEIRO

Ontem o centro do Rio viveu uma situação de caos. Um grande incêndio ocorreu no camelódromo próximo ao terminal Fontinelli e próximo à Central do Brasil. Indo no metrô para a zona sul, pude ouvir relatos de passageiros que estiveram no local e escaparam por pura sorte daquele lamentável incêndio. Que situação!

SÃO JOÃO DA BARRA PARTICIPA DE CONFECÇÃO DE MANUAL DE DIRETRIZES PARA MUSEUS, JUNTO AO MINISTÉRIO DO TURISMO

Foto: As Oficinas de Museu e Tursimo aconteceram no Centro de Referência Luso-Brasileiro, no prédio do Museus Histórico Nacional, no Rio de Janeiro - RJ.
Foto: Andre Pinto, próximo à janela e de costas, participa da Oficina de Museus e Turismo em conjunto com museólogos, operadores e agentes de turismo, entre outros profissionais de todo o Brasil.
Foto: Andre Pinto, em trabalho de oficina com representantes de Museus do Rio de Janeiro-RJ e Brasília - DF.
A Oficina de Turismo e Museu, promovida pelo MTur e IBRAM, começou nesta segunda-feira, no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro com a presença de diversos profissionais da área como arqueólogos, museólogos, bacharéis em turismo, técnicos em turismo, guias em turismo, além de bibliotecários e pessoal de apoio dos museus. Estavam presentes ao evento, a representante do Ministério do Turismo, Kátia Silva, que explanou sobre a importância das oficinas para a preservação e divulgação dos museus brasileiros, além de representantes do Instituto Brasileiro de Museus - IBRAM, representantes do Sindicato dos Guias em turismo, Representantes da ABBTUR, entre outros. O município de São João da Barra teve a sua apresentação feita pelo funcionário público Andre Pinto, que é bacharel em ADM, Técnico em Turismo e Guia em Turismo Regional, cadastrado pela Turisrio e Embratur. Andre, que é conselheiro titular do Conselho Municipal de Cultura ocupando a cadeira de "Patrimônio histórico", falou aos presentes sobre as perspectivas do município na criação de museus e também explicitou o resgate do patrimônio Histórico e Cultural que foi feito durante o Governo da Prefeita Carla Machado, ao restaurar o Solar do Coronel Teixeira (antigo Grupo Escolar Alberto Torres), a reforma do Cine Teatro São João, a reforma também da Estação Ferroviária da Leopoldina Railway, entre as ações conjuntas de estar com o IPHAN recuperando um dos mais antigos prédios históricos do período colonial, conhecido como Casa da Câmara e Cadeia, datado de 1797. Andre também mencionou a potencialidade do território sanjoanense para a criação do Iº Museu Nacional do Homem da Restinga, uma vez que, foram feitas descobertas recentes de um sítio arqueológico com restos mortais e pedaços de vasilhames em argila, nas imediações da Lagoa de Iquipari, o que chamou a atenção dos presentes ao evento. Segundo Stella Maris, coordenadora das oficinas, o resultado do primeiro dia de oficina superou as espectativas e hoje a amanhã, 26 e 27/04, serão feitos muitos exercícios entre os grupos de trabalho no propósito de se elaborar uma cartilha nacional sobre procedimentos e diretrizes em Museus, que deverá ser reproduzida numa tiragem de 25.000 exemplares a serem distribuídas no trade turístico e nos próprios Museus. A participação de São João da Barra nas oficinas constará nesta cartilha a ser elaborada pelo Ministério do Turismo ainda neste primeiro semestre. Obs. As fotos do evento serão publicas à noite. * Matéria feita por Andre Pinto direto do Rio de Janeiro

sábado, 24 de abril de 2010

ANTES DA INAUGURAÇÃO DO AERÓDROMO SANJOANENSE, AVIÃO DA FAB JÁ FEZ POUSO FORÇADO EM SÃO JOÃO DA BARRA

AVIÃO DA FAB DESCE NA LOCALIDADE DE "PORTO ESCURO" Todos já devem saber que neste domingo será inaugurado em Atafona, o Aeródromo Municipal, nas imediações do Posto de Saúde da localidade do "Carrapicho". Quem pensa que São João da Barra não tem histórico de pouso de aeronaves em seu território, está muito enganado. Vários são os relatos de aeronaves que utilizaram este solo para pousarem, mesmo que de forma complicada, onde alguns pilotos viam de cima, algumas estradas vicinais arenosas e arricsavam uma descida. Tem relatos também de hidroaviões de políticos que já chegaram a pousar no Rio Paraíba do Sul, chamando a atenção de muitos ao ancorarem no cais do porto. O nosso amigo Getúlio Alvarenga, nos conta uma passagem muito engraçada, em que ele e Manequinho viram um avião da FAB descer na localidade do "Perigoso". O que será que houve? Vejam essa intrigante "estória" clicando AQUI

ESTUDANTES DE SÃO JOÃO DA BARRA EM BUSCA DE HISTÓRIAS E "ESTÓRIAS" PARA CONCURSO NACIONAL DE REDAÇÃO

Foto: Andre Pinto (de costas) fala para os estudantes da Escola Domingos Fernandes da Costa, turma 704, de algumas estórias vivenciadas por ele, tanto em Teresópolis quanto em São João da Barra, principalmente na questão ambiental.
ESTUDANTES RUMAM À OLIMPÍADA NACIONAL DE REDAÇÃO À convite da direção da escola Domingos Fernandes da Costa, da professora Marcele e das estudantes Lara, Julie e Caroline, Andre Pinto foi ao auditório daquela instituição de ensino para falar de algumas de suas vivências no campo ambiental e profissional. Andre fez comparações entre o reino animal (vida selvagem) e as atitudes dos seres humanos, onde os instintos de sobrevivência se mesclam e se confundem ao mesmo tempo. Falou da cooperação e competição entre os animais selvagens e também as competições e cooperações entre os seres humanos, muitas vezes desleais. Deu exemplos de animais que conseguem sobreviver às questões climáticas mais adversas como as aves de rapina- enfatizando a águia - e também falou de animais que conseguem se adaptar à qualquer meio, como exemplo do camaleão, usando uma de suas defesas naturais chamada de mimetismo.
Tambem falou de uma São João da Barra em que podiam-se tomar banhos de rio, depois que se chegavam da praia de Atafona com os corpos cheios de areia e sal. Falou das competições de se atravessar à nado o rio Paraíba do Sul, de soltar pipa na "Prainha de Ramos", jogar "baleba" e ainda brincar de pião com os primos e amigos, além de "catar" muita fruta pelos pomares da cidade, que quase não existem mais. Os estudantes anotaram as histórias e "estórias" e farão uma redação com os fatos mais chamativos. Todos estão confiantes de que sairão boas redações para a Olimpíada Nacional de Redação, bastante divulgada na televisão. O escritor Carlos A.A. de Sá também compareceu ao evento e deixou seus importantes relatos.

EDIÇÕES RARAS DA FUNDAÇÃO DE BRASÍLIA ESTARÃO À DISPOSIÇÃO DE ESTUDANTES SANJOANENSES

Foto: Andre Pinto tem em seu acervo histórico, dois exemplares que descrevem o processo de construção de Brasília. Crédito da foto: Maysa Inês.
Foto: As edições limitadas tem imagens impressionantes da fundação de Brasília. Crédito da foto: Maysa Inês.
Foto: Nesta pequena casa começou a nascer Brasília. O modesto edifício teve as honras de Palácio do Governo. Foi chamado de Catetinho.
Foto: Momento ímpar da construção de Brasília. As imagens poderão ser vistas nas duas edições históricas que estarão à disposição na Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra a partir da próxima quinta-feira.
50º ANIVERSÁRIO DE FUNDAÇÃO DE BRASÍLIA
O Blog não podia deixar passar em branco esta data de importância histórica nacional. A fundação de Brasília. Andre Pinto possui dois belos exemplares, do acervo histórico deixado por seu pai, João Oscar, da revista Manchete, com curiosas reportagens e imagens deslumbrantes das construções "recordes" que foram feitas em pleno cerrado para a instalação da nova Capital do país. As duas edições da Revista Manchete, que são raridades hoje em dia, estarão à disposição de estudantes e interessados, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos de São João da Barra a partir da próxima quinta-feira. É só procurar Andre Pinto no horário do expediente.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

TORRES EÓLICAS DE GARGAÚ, EM SÃO FRANCISCO DO ITABAPOANA, JÁ SÃO VISTAS DA PRAÇA SÃO JOÃO BATISTA, EM SÃO JOÃO DA BARRA

Foto: Através da lente da câmara fotográfica do amigo Pascoal Berto, as torres eólicas de Gargaú, já são vistas de São João da Barra, no Norte Fluminense. UMA VISTA ÍMPAR UNINDO O ÚTIL AO AGRADÁVEL Quem chega na Praça de São João Batista, em São João da Barra, pode-se deparar com dois atrativos diferenciados e que tem uma ligação muito forte com a questão ambiental. Um é o magnífico manguezal do delta do Rio Paraíba do Sul, com 800 hectares de área verde e com muitas ilhas, inclusive a mística Ilha dos Olhos Azuis (Ilha da Convivência). O outro atrativo, mesmo não sendo natural, traz em seu escopo um novo modelo de se repensar as matrizes energéticas limpas de nosso país. Trata-se do Parque Eólico de São Francisco do Itabapoana, que está em pleno processo de instalação. Bonito será mesmo, quando as hélices começarem a rodar! Contribuição da matéria: Pascoal Berto.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

VÍRUS DESCONHECIDO CAUSA TRANSTORNOS AO BLOG DE ANDRE PINTO

Pedimos desculpas aos internautas que nos acompanham rotineiramente, pois o blog teve o ataque de um vírus desconhecido e que estava comprometendo as configurações do mesmo, inclusive ameaçando o travamento de publicações. O problema já foi resolvido. Estamos de volta, mesmo que aconteçam algumas falhas, estaremos monitorando. Abraços, Andre Pinto

segunda-feira, 19 de abril de 2010

SEPULTAMENTO DO SR. ZÉ PINTO - UM GRANDE VEREADOR DESTA CIDADE

A história política de São João da Barra entristeceu na tarde deste sábado, dia 17 de abril. Faleceu José Pinto de Souza, o Zé Pinto, conhecido por sua voz serena, fala mansa e boa vontade em ajudar os cidadãos mais humildes. Segundo os laudos médicos, o motivo do falecimento foi um infarto. O velório e sepultamento aconteceram neste domingo (18), no Cemitério do Caju, em Campos dos Goytacazes, reunindo a família, amigos e políticos. A sobrinha Carla Machado, prefeita de São João da Barra, estava presente junto aos familiares.

Nascido em São João da Barra no dia 06 de março de 1937, Zé Pinto cumpriu cinco mandatos como vereador - quatro em São João da Barra, sendo eleito em 1976, 1982, 1988 e 1992 e um por São Francisco de Itabapoana, vencendo a primeira eleição disputada no, então, recém emancipado município, em 1996. No biênio 79/80 foi eleito presidente da Câmara Municipal.

domingo, 18 de abril de 2010

COMERCIANTES SANJOANENSES QUEREM "TOMBAR" COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL, O TRADICIONAL "CONHAQUE BATIDO", FEITO NA CIDADE

Foto: O comerciante "Chimbica" mostra a bebida que é centenária em sua fórmula e que serve para fazer o delicioso e tradicional Conhaque Batido de São João da Barra. Foto de Pascoal Berto.
ÊTA TRADIÇÃO QUENTÍSSIMA! Em São João da Barra existe uma tradição entre os comerciantes, de se fazer uma bebida artesanal - o famoso “CONHAQUE BATIDO” de São João da Barra - principalmente quando se aproxima da estação mais fria. Muitos sanjoanenses e turistas que gostam da bebida batida, buscam em seus barezinhos prediletos, aquela receita própria que cada comerciante sabe fazer com maestria e que não deixa a desejar a nenhum "bar man" dos Resorts cinco estrelas pelo Brasil afora. UM PEQUENO RELATO Esta tradição parece ter nascido no início do Século XX, quando o funcionava o antigo Café Central, na Rua Dr. Mota Ferraz, n.º 34, e , segundo as "estórias" contadas, um norueguês, que chegou em um navio, teria sido socorrido de uma enfermidade no porto sanjoanense por Joaquim Thomás de Aquino, que recebeu de presente, pela cura do estrangeiro, uma fórmula "secreta" para se fazer um remédio à base de alcatrão. Tempos depois, este antigo armazém passou a ser chamado de Fábrica Central de Bebidas Alcoólicas e que acabou se tornando as Indústrias de Bebidas Joaquim Thomás de Aquino Filho, ou Thoquino, hoje com um capital patrimonial em torno de 40 milhões de reais. A bebida começou a ser vendida como remédios para gripes e constipações e hoje é utilizada como excelente aperitivo no Brasil e no mundo. Foto: O "Conhaque Batido" é feito pelos comerciantes sanjoanenses e recolocado na garrafa tradicional do Conhaque de Alcatrão novamente, afinal, quem compra a bebida também compra o casco, não é? Foto de Pascoal Berto. A RECEITA DO "CONHAQUE BATIDO" NUNCA É UMA SÓ A receita do conhaque batido é parecida em todos os bares , pois leva Conhaque de Alcatrão de São João da Barra, açúcar, mel, limão galego – detalhe: tem que ser o limão das ilhas das redondezas - e laranja. A receita é parecida, mas o segredo, segundo "Chimbica" - um dos comerciantes da cidade - é o modo de se fazer que faz a diferença.
Foto: Sanjoanenses saboreiam o "Conhaque Batido" aos finais de semana. Foto de Pascoal Berto.
OS QUE MANTÉM A TRADIÇÃO Perguntado sobre os tradicionais fazedores desta bebida batida em São João da Barra, "Chimbica" mencionou sobre: Mauro Gamela (palmeiras bar ao lado do antigo tecex), bar do França em frente ao depósito de construção do Reginaldo, Toninho 10, e bar Bateau Mouche e o saudoso Bar do Rubinho no campo de futebol e o bar do saudoso Bené entre tantos outros da cidade. Seria uma ideia muito legal tentar criar uma lei para se "tombar" como patrimônio imaterial municipal o modo de se fazer o "Conhaque Batido" de São João da Barra, pois é uma técnica exclusivamente sanjoanense e poderíamos fazer um concurso anual das melhores receitas, assim como acontece em Minas Gerais com o Concurso do Pão-de-Queijo - frisou o nosso amigo "Chimbica". UM DETALHE PRECISO A bebida tem que ser feita no próprio litro de conhaque, apresentando o rótulo, que tem cem anos de tradição e ainda é mantido pela indústria de bebidas. Não adianta fazer em escala industrial, porque o bom do "CONHAQUE BATIDO" é feito em estilo artesanal e na hora, no modo de cada um, além do que, não seria permitido pela Indústria de Bebidas, por causa de vários fatores, como o próprio segredo industrial e questões que qualidade e patentes. UMA TRADIÇAO DE CEM ANOS O Conhaque de Alcatrão de São João da Barra completou cem anos sem mexer com sua fórmula original e é comparado com produtos centenários como o "Leite de Rosas", "Sabonete Phebo", "Pomada Minâncora", "Biotônico Fontoura" entre outros. "O QUIBE DE CHIMBICA" COMBINA COM O "CONHAQUE BATIDO" Outro fato também que chamou atenção de Pascoal Berto foi o Quibe que o "Chimbica" prepara, e, segundo ele, este quibe é muito procurado por várias pessoas das cidades como Rio de Janeiro, Campos, Itaperuna etc. Quem vai experimentar o Quibe do bar do Chimbica, tem que provar o "Conhaque Batido", que de fato é muito bom, afirma o conhecido comerciante.
Foto: O Quibe feito por "Chimbica" vem desbancado até os quibes tradicionais da cidade de Italva,que faz o festival do quibe anualmente. Foto de Pascoal Berto.
AGRADECIMENTOS A referida matéria sobre o Conhaque Batido de São João da Barra foi uma excelente ideia do amigo Pascoal Berto, que eventualmente está nos finais de semana abraçando os amigos, como o Chimbica e observou sobre a saída constante desta bebida tradicional e "milagrosa" que lhe chamou atenção. Contribuição da matéria e fotos: Pascoal Berto

sábado, 17 de abril de 2010

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOÃO DA BARRA INCENTIVA QUALIFICAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS DE CARREIRA PARA GESTÃO DE MUSEUS

foto: Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro, receberá a Iª Oficina Nacional de Museus em abril / 2010.
MINISTÉRIO DO TURISMO E IBRAM (INSTITUTO BRASILEIRO DOS MUSEUS) PROMOVEM CAPACITAÇÃO PARA GESTÃO EM MUSEUS A primeira edição da Oficina Museus e Turismo no âmbito do Programa de Qualificação dos Museus para o Turismo, com o objetivo de apresentar de forma direta e dinâmica as informações contidas no material didático "Caderno de Diretrizes Museus e Turismo: Estratégias de Cooperação", acontecerá nos próximos dias 26, 27 e 28 de abril, no Museu Histórico Nacional, no Rio de Janeiro.
A oficina visa promover a troca de conhecimentos e experiências com os profissionais que atuam nas áreas de turismo e museus, bem como ser uma oportunidade para que os participantes sejam estimulados a propor sugestões ao material apresentado. O Governo Municipal de Prefeita Carla Maria Machado dos Santos, de São João da Barra, vem desenvolvendo o resgate do patrimônio histórico sanjoanense através de restaurações e reformas de prédios históricos de relevante valor cultural, principalmente no meio nacional. Com a construção do futuro Fórum da cidade, o prédio histórico do Solar do Comendador André Gonçalves da Graça deixará de ser um local que abriga uma repartição pública estadual, para muito em breve se tornar um dos mais belos museus do Norte Fluminense a receber muitas visitações dos moradores e turistas. Outro prédio que está sendo restaurado pela Prefeitura Municipal de São João da Barra, que deverá ser outro museu importante, é a Antiga Casa da Câmara e Cadeia, de 1797, em parceria com o IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico Nacional. Neste intuito, a municipalidade teve a preocupação de promover a qualificação , em parceria com o Ministério do Turismo e IBRAM, para funcionários públicos de carreira para que possam gerir adequadamente os museus que deverão ser criados no município, no intuito de salvaguardar os atributos materiais e culturais de nossa cidade e região. Vale frisar que esta oficina é gratuita e não onerará em nada o erário municipal. O funcionário público municipal Andre Pinto, lotado na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, guia em turismo regional cadastrado na Turisrio, participante das reuniões do Instituto Sete Capitães, historiador e que já visitou diversos museus na América do Norte e Europa, teve seu curriculum aprovado para ser o representante de São João da Barra nesta importante oficina, que trará ótimos resultados ao município.

IQUIPARI PARA SEMPRE

Foto: Restinga de Iquipari, que será uma das maiores Unidades de Conservação do país, tem belas paisagens como esta, imortalizada pela lente fotográfica do sanjoanense Pascoal Berto.
IQUIPARI PARA SEMPRE ( Em homenagem à Nelma - que fez recentemente uma bela monografia sobre a restinga, no IFF - esposa de nosso amigo e colaborador do blog, Pascoal Berto) Certa vez, caminhando no mato, Despertei minha visão e olfato, Até espetei o pé - só contato! Mas não é caso, aconteceu, de fato! Vi, inseto, cobra, lagarto, Numa explosão de cores e perfumes E naquele verde-mundo, bem farto! Só as lagoas, viviam à ciúmes! Nas bromélias,cactáceas e gravatás, Vêem-se sapos, tatús, tamanduás! Na mata de ouriço caixeiro e sabiás! - um espeta muito, outros - cantam demais! Mas o que me chamou atenção, Foi sentir, de longe, o cheiro, De uma branca flor, já em botão, brilhando num pé de abaneiro. Tentei, ir embora, não consegui, Gravei o que vi no imaginário, Como é bom te ver,te sentir, Iquipari ! Linda restinga, um santuário! Andre Pinto 17/04/2010 - 9 h e 15 min.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

一条消息华商

Fotos: SECOM/PMSJB - Images from City Hall Comunications Departaments. 在 圣约翰酒吧城市感到自豪的是接受他的领土上如此重要的人,借此机会,祝你生活愉快,享受自然之美,我们的文化,我们的传统,尤其是人民热情好客和热情的气 氛,只有我们拥有! 直到下一次! 随时欢迎! 发展与可持续性永远! 博客安德烈平托 Passe o cursor devagar nas palavras chinesas e verás a mensagem.

O NAVIO SANJOANENSE, THEMIS, TERIA SIDO CONSTRUÍDO COM VERBAS PROVENIENTES DA GUERRA DO PARAGUAI ?

O blog , tempos atrás, publicou uma curiosa matéria sobre a construção do navio "Themis" em um dos diversos estaleiros que existiram em São João da Barra, no período do auge de navegação fluvial no Rio Paraíba do Sul. Um historiador de Cabo Frio entrou hoje em contato com o blog para trazer ainda mais informações sobre este navio de bandeira sanjoanense, senão vejamos o seu relato: "Olá André, Descobri seu comentário na net sobre o Themis, navio construído em São João da Barra. Eu tenho um quadro pintado deste navio. Bom, consta que foi com o dinheiro ganho através da Guerra do Paraguai que o dono então construiu este navio, o qual veio naufragar na costa sul do Brasil. Quando aparecer por aqui em Cabo Frio, me visite para eu te mostrar o quadro. Abraços Elísio" Em 16 de abril de 2010 19:15, Elisio Nomar Em resposta, eu agradeci a contribuição: "Amigo Elisio Nomar, fiquei muito agradecido por ter me contactado para trazer mais esta informação do navio sanjoanense Themis. Realmente a história da navegação em nossa costa brasileira me fascina muito e a história da navegação em São João da Barra é muito rica em detalhes. Mantenhamos contato! Grande Abraço Andre Pinto" Saiba mais sobre a história do navio Themis, clique AQUI

PROJETO "CAMINHOS CIENTÍFICOS DO DELTA DO RIO PARAÍBA" PROMOVEU NESTA ÚLTIMA SAÍDA, A OBSERVAÇÃO DE PÁSSAROS NA LOCALIDADE DO "VIANA"

Foto: Estudantes da Escola Municipal José Alves Barreto, praticam técnicas básicas para fotografar os pássaros do "Viana", no ano internacional do Biodiversidade. Crédito da Foto: Claudia Oliveira - Diretora da Escola em questão.
Foto: Estudantes utilizam equipamentos e métodos básicos de observação de pássaros (Birdwachting) na localidade do "Viana", em São João da Barra - RJ. Crédito da foto: Claudia Oliveira - Diretora da Escola Municipal José Alves Barreto.
Foto: A segunda saída do Projeto "Caminhos Científicos do Delta do Rio Paraíba do Sul" foi feita nesta quinta-feira, 15/04/2010, com estudantes do 5º Distrito. Crédito da foto: Claudia Oliveira - Diretora da Escola Municipal José Alves Barreto.
DA ARQUITETURA BARROCA AOS FATOS HISTÓRICOS O projeto "CAMINHOS CIENTÍFICOS DO DELTA DO RIO PARAÍBA DO SUL" fez a sua segunda saída de educação ambiental nesta quinta-feira, 15/04, às 11 horas da manhã, com partida do Cais do Imperador (local histórico onde Sua Majestade, o Imperador D. Pedro II desembarcou para conhecer São João da Barra). Antes, porém, os estudantes da Escola Municipal José Alves Barreto, de Mato Escuro, puderam conhecer um pouco do outro importante projeto da SEMASP, intitulado "Turismo Pedagógico - Estudo do Meio", que visa fazer oficinas temáticas nas escolas e também divulgar a história de São João da Barra, ao visitar prédios históricos e ambientes naturais, grandes atrativos turísticos de nossa terra. O Núcleo de Educação Ambiental da SEMASP recebeu a diretora Claudia Oliveira, as professoras e os estudantes na Orla do Rio Paraíba do Sul e em seguida permaneceram à frente da Igreja Matriz de São João Batista, onde conheceram a história de formação do povoamento de São João Batista da Paraíba do Sul em 1630, a igreja e sua arquitetura externa e interna, fatos históricos curiosos como a violência sofrida pelo Pároco Pedro Marques Durão que quase perdeu a vida por causa do coronelismo existente à época. Os estudantes também tiveram a oportunidade de entrevistarem o restaurador de obras sacras, o sanjoanense Jorge Renato, além de trerem visitado a pia batismal e a redoma de vidro do século XVIII que retrata, em miniatura, a Santa Ceia com imagens feitas em terracota, nos fundos da igreja. Conheceram também as histórias da Casa da Câmara e Cadeia, de 1797, que está sendo restaurada pela Prefeitura Municipal de São João da Barra em parceria com o IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico Nacional, bem como histórias de enforcamentos de escravos - em série - acontecidos frente à praça da igreja e também a história da origem da Fábrica de Conhaque de Alcatrão de SJB. AULA NA ESCUNA Durante a aula da natureza dentro da escuna ambiental, os estudantes puderam ver e saber como se deu o processo histórico de ocupações irregulares das margens do rio Paraíba do Sul; sobre sistema de captação da Estação de Tratamento de Águas - ETA / CEDAE; sobre os estaleiros que estão construindo grandes embarcações na sede do município; da identidade histórica sanjoanense na criação de gado vacum; da importância dos meandros dos rios, matas ciliares e dos perigos à navegação quanto aos pontos de assoreamento do rio, além de terem tido uma aula sobre aves, répteis e peixes da região,com ênfase no defeso e piracema. Estavam presentes na escuna: o Guia em Turismo Andre Pinto, a bióloga Viviane Gonçalves, o técnico ambiental Marco Pacheco, o pescador Adrião Gaiato - estes da SEMASP e os técnicos agrícolas Walmir l. Baldino e ator do "Nós na Rua" Eduardo, ambos da Secretaria Municipal de Agricultura, além do apoio dado por Marilson, em embarcação própria da Defesa Civil Municipal e a excelente condução da Escuna feita pelo Mestre Diney e seu ajudante. SORTEIO CULTURAL NAS ÁGUAS DO PARAÍBA Dentro da escuna houve também um sorteio de 07 livros do historiador sanjoanense João Oscar, com o titulo de "A Saga de Um Herói Negro" que fala da escravidão na região, além de doação de exemplares destes livros à biblioteca da escola municipal José Alves Barreto, bem como doação do livro "Juventude Vermelha" do mesmo autor. AS BELEZAS E SABORES DA PRAIA FLUVIAL DO "VIANA" Desembarcando na localidade do Viana, os estudantes puderam saborear os frutos do jamelão, do juá e do araçá-coroa, muito abundantes naquela área e se encantaram com as areias claras daquela bela praia fluvial. Em seguida tiveram uma aula introdutória sobre observação de pássaros, manuseando máquinas fotográficas com objetivas reguláveis e utilização de binóculos cedidos pela Defesa Civil Municipal. Conheceram, do alto do Dique São João, as belezas da Planície Goytacá e os maciços da Serra do Mar, que são vistos ao longe e as histórias da construção da ponte João Figueiredo. PANTIO DE ESPÉCIES NATIVAS O momento do plantio das espécies nativas do Araçá-coroa e jenipapo (doados pelo Horto Municipal em parceria com a Sec. Mun. de Agricultura) foi um ponto de muita animação durante a atividade de educação ambiental. Foram plantadas, 10 espécies ao todo, apenas nesta viagem, segundo informa Andre Pinto, um dos coordenadores do projeto. Em seguida o grupo conheceu a mata ciliar do "Viana", descobrindo espécies nativas da flora como a capororoca, calombo, bolo, azeitona preta, monjolo, piabanha. maricá, jacaré, sururuca, baleeira, rosa d`água, araçá, quixaba-cachorro, sabonete, ingá d`água, figueiras e outras. Foram vistos animais da avifauna como o belo frango d`água azulado, socó-cagão, carão, carcará, garça-carrapateira, quero-queros e martim-pescador,além das diversas casas de João-de-Barro nas árvores ribeirinhas. No término, os estudantes voltaram de ônibus pelo caminho do Dique São João que sai na localidade de Cajueiro e seguiram, em segurança, para Mato Escuro novamente. O Secretário Municipal de Meio Ambiente, Marcos Sá e o Sub-secretário Alex Firme, estão animados com os avanços do projeto e pretendem criar sub-projetos, complementando ainda mais essas saídas de educação ambiental no Rio Paraíba do Sul, dando apoio também à "Barca da Ciência", outro grande projeto de educação ambiental para a comunidade e turistas. A próxima saída do projeto "Caminhos Científicos do Delta do Rio Paraíba do Sul" deverá ser na quinta-feira que vem, na parte da manhã, com escola a ser agendada em conjunto com a Coordenação Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de São João da Barra. Para ver as fotos da primeira saída do Projeto "Caminhos Científicos do Delta do Rio Paraíba do Sul", clique AQUI

quinta-feira, 15 de abril de 2010

SÃO JOÃO DA BARRA SE DESTACA COM A ARTE DA FOTOGRAFIA

Foto de autoria de Pascoal Berto, um sanjonanense que admira a história e as lindas imagens de nossa amada São João da Barra. UM FOTÓGRAFO NATO !
O amigo Pascoal Berto tem contribuído muito com o blog, no envio de imagens de acontecimentos diversos em São João da Barra. A gente fica ainda mais feliz quando descobre que nossos conterrâneos sanjoanenses tem grandes talentos para a arte da fotografia e principalmente com temas voltados à nossa identidade cultural. Quem entra no álbum de fotos do Pascoal fica impressionado com as cores obtidas em suas fotos e em locais jamais imagináveis para se obter um bom ângulo de imagens. Recentemente tivemos uma foto do competente fotógrafo João Batista Rocha - do SECOM/PMSJB - escolhida para ser publicada numa revista de biologia da editora Ibep, onde a foto de João Batista ilustrará o capítulo "A Origem da Vida no Planeta Terra", através dos estromatólitos da Lagoa do Salgado, no 5º Distrito de S.J. da Barra. O blog, nesta difusão fotográfica sanjoanense, indica então, que o internauta possa dar uma passeada no belo álbum de Pascoal, bastando clicar AQUI São imagens de tirarem o fôlego! Parabéns Pascoal!
A ARGOLA DO CAIS DO IMPERADOR (Homenagem à foto do Pascoal Berto) Pela argola do cais, O passado desliza no rio, Num tempo que não volta mais, lembrança que corre à fio! E nas amarras do tempo, bem apertadas em nó, voltar é contratempo, pois o presente é um só! Oh!, forte arco de ferragem! Te envolvestes amorosamente às cordas, Serviu à navios de cabotagem, Bons tempos, tu recordas? Agora solte tuas bordas! Mostre seu amor querido! Se enrosque mais às suas cordas, mas jamais, jamais, seja fundido!!! Andre Pinto (15 de abril de 2010) 20 h e 35 minutos

FAMÍLIA CHILENA, VÍTIMA DE TERREMOTO, AGRADECE A AJUDA DADA POR SANJOANENSES ATRAVÉS DA RÁDIO BARRA FM

O CHILE AGRADECE À SÃO JOÃO DA BARRA A família de Izabel Araya Soto, sobrevivente do grande terremoto que assolou o país vizinho do Chile, esteve em São João da Barra durante algumas semanas para poder "fugir" dos horrores dos tremores de terra e dos maremotos (tsunamis) acontecidos por lá. A escolha de São João da Barra como local seguro, foi feita pela família chilena que tem laços com moradores sanjoanenses que moram na sede deste município. O drama relatado por Izabel comoveu à todos nós, pois ela contava os horrores vivenciados por sua famílias e parentes, que se foram, em grande parte soterrados pelo terremoto ou afogados pelo tsunami, que chegou a entrar mais de 1.000 metros por seu bairro, levando sua casa e a de seus vizinhos em ondas subsequentes , na região do Porto de San Antônio. Izabel, juntamente com seus parentes brasileiros e sanjoanenses, pediram ajuda aos munícipes sanjoanenses para que angariassem fundos para o seu retorno ao Chile, pois contava com a dificuldade de manutenção de suas filhas e netas (que estavam com ela no Brasil), inclusive com uma criancinha de colo de apenas 07 meses de nascida - já, uma heroína dos desabrigados ambientais internacionais. Além disso, Izabel encontrou dificuldades legais para exercer a sua profissão de reflexologista (que no Brasil é a profissão de fisioterapêuta), não conseguindo angariar recursos próprios. A Rádio Barra FM, como sempre, fez o seu papel social, digno de elogios de todos nós, a Secretaria Municipal de Promoção Social deu o apoio psicológico necessário à família, através da Assistente Social Denise Esteves que também providenciará ajuda de transporte, uma vez que existem carros que saem, agendados, semanalmente para prestarem serviços junto ao INCA e outros hospitais, e, sendo a Cruz Vermelha Internacional próxima ao INCA, ajudará muito à familia Chilena em providenciar o traslado de retorno, que está marcado para esta segunda-feira às 08 da manhã, na Rodoviária Novo Rio. Ontem, em conversa por telefone com Izabel, pude ver o quanto ela saiu feliz, muito emocionada e chorando muito, pela acolhida do povo sanjoanense, que a ajudou a comprar a passagem rodoviária que faltava para o retorno de sua família ao Chile. Em breve Izabel mandará uma foto da reconstrução de sua casa e a foto de sua família, lá no Chile, ao qual o blog terá prazer em publicar. Parabéns aos empresários, comerciantes e amigos solidários de São João da Barra, antenados com a causa internacional! A ONU-Habittat, com certeza, saberá disso também! Isso é um exemplo e tanto para o povo sanjoanense. A SOLIDARIEDADE SANJOANENSE NO TEMPO... São João da Barra tem um histórico de solidariedade muto forte e relembro a 2ª Grande Guerra Mundial, onde os alemães, em submarinos U-199, afundaram um navio brasileiro nas imediações da Bahia e a tripulação, entre eles, muitos marujos, morreram torpedeados e seus restos mortais encontram-se até hoje nas profundezas do oceano atlântico, entre as ferragens do navio nacional. A comunidade de São João da Barra, na época, fez uma lista de homens bons para arrecadarem verbas para que fossem enviadas às familias dos marujos mortos, em pleno sentimento patriótico! Merece uma matéria deste blog. Este relato está no Jornal "A Evolução" de José Ângelo, ao qual , felizmente, preservo os exemplares.

CAMINHOS CIENTÍFICOS DO DELTA DO RIO PARAÍBA SAIRÁ ÀS 11 HORAS DESTA MANHÃ DO CAIS DO IMPERADOR, EM SJB

Foto: O equipamento turístico-pedagógico (escuna) tem servido para as aulas ao ar livre dos estudantes da rede pública municipal de ensino de São João da Barra. Na foto de Walmir L. Baldino, vemos as folhas das mudas de aroeira, pau-Brasil e embaíba que já foram plantadas na mata ciliar do Viana.
CÉU DE BRIGADEIRO!!!!
O dia está maravilhoso para mais um gostoso trabalho de educação ambiental. Para conhecer mais sobre o projeto, mexa na barra de rolagem de seu micro e desça para as matérias anteriores, deste mês de abril. Lá você saberá mais sobre o PROJETO "CAMINHOS CIENTÍFICOS DO DELTA DO RIO PARAÍBA DO SUL"

quarta-feira, 14 de abril de 2010

RONDI NELES, RONDI NELES, RONDI NELES - ASSIM PEDE A TORCIDA DO HOOLIGANS DA PAZ

Foto memorável: Do lado esquerdo o competente Marcelo "Luxemburgo", no meio Rondinelli e do lado direito, o Sub-secretário de Esportes, Adilson Almeida (um grande jogador que deixou seu nome do rol da fama sanjoanense).
RONDIGOL Ele passou por grandes equipes do futebol brasileiro. Esteve no Cruzeiro, Goiás, Sport Club do Recife e Fortaleza. o meio-campo Rondinelli, com experiência de 32 anos, está de volta à sua querida São João da Barra e melhor: vai defender o Esporte Clube São João da Barra ! O clima vai esquentar nos campos da Terceira Divisão do Estado do Rio de Janeiro!. A estréia do novo reforço está prevista para o próximo domingo, dia 18, às 15h30m, contra o Serra Macaense. Promessa de um grande jogo com muitas emoções, já que poderá ser a primeira atuação de Rondinelli, como atleta profissional, no Estádio Municipal Manoel José Viana de Sá, em São João da Barra. Saiba mais sobre a vida do grande jogador nos sites da Rádio Barra e do próprio Esporte Clube de São João da Barra.

AGÊNCIAS DE TURISMO DO BRASIL SE VOLTAM PARA O RECEPTIVO DE CHINESES

Foto: O Porto do Açu, em São João da Barra, tem recebido numerosos grupos de chineses para o turismo de negócios. Na foto, o Sr. Peng Cheng , um dos maiores executivos da Wisco conhecendo a capoeira feroz do Professor sanjoanense, Chicão de Assis e seus destemidos aprendizes. O trade de turismo receptivo sanjoanense tem que se cadastrar no Ministério do Turismo para receber ainda mais turistas chineses e ficar cada vez mais profissional.
CADASTRE SUA AGÊNCIA DE TURISMO LOGO! Ministério do Turismo iniciou o processo anual para o credenciamento de agências de viagens e turismo brasileiras que atuarão na recepção de grupos de turistas chineses no Brasil. O processo de seleção segue exigências previstas no Memorando de Entendimento denominado Status de Destino Aprovado (ADS), assinado com a Administração Nacional de Turismo da República Popular da China, em novembro de 2004. Em 2010, O Ministério do Turismo reformulou o processo com base nos resultados de estudo realizado com outros países signatários do ADS. Assim, o Ministério do Turismo é hoje o único responsável pelo processo de credenciamento no âmbito do ADS, cujos requisitos para as empresas participantes são: o cadastramento no Ministério do Turismo (http://www.cadastur.turismo.gov.br).. As agências de viagem e turismo interessadas deverão enviar a documentação acima ao Ministério do Turismo até o dia 28 de junho de 2010. A lista com a atualização das empresas credenciadas será divulgada em 09 de julho. A documentação deverá ser encaminhada ao Departamento de Relações Internacionais do MTur, localizada no Anexo ID SCN Q. 06, Bloco A, 11º andar, CEP: 70716-900, Brasília/DF. O mercado Chinês Segundo estudo realizado pelo professor Wolfgang Georg Arlt, da Universidade West Coast de Ciências Aplicadas na Alemanha, a crescente parceria comercial entre América Latina e China foi um dos fatores que contribuiu para o incremento do fluxo de turistas chineses no Brasil. Embora grande parte destes turistas constitua-se em representantes de delegações comerciais e oficiais, há indicativos de que seja crescente o número de grupos de turismo de lazer. Segundo dados da Organização Mundial de Turismo (OMT), em 2004 o Brasil recebeu 16.305 turistas chineses, número que cresceu 142% em quatro anos, atingindo 39.514 turistas chineses em 2008. Como conseqüência do processo de credenciamento, somente entre 2007 e 2008 houve um acréscimo de 68,22%. Para as empresas que desejam trabalhar no receptivo de grupos de turistas chineses no Brasil, é importante atentar-se ao particular perfil do turista chinês, que usualmente não se interessa pelo turismo de sol e praia. Em destinos tropicais o turista chinês demonstra especial interesse em conhecer, de forma segura, a natureza e a vida selvagem, bem como espetáculos de dança, não se interessando necessariamente pelo carnaval. Há baixa sazonalidade em tais grupos, que costumam gastar muito em compras. Fonte: Ministério do Turismo.

O QUE DARWIN ACHARIA DAS OCUPAÇÕES IRREGULARES NOS MORROS CARIOCAS, HOJE EM DIA?

Com os sérios acontecimentos de deslizamentos ocorridos neste mês de abril, com muitas vítimas fatais, na região do Rio de Janeiro e Niterói, principalmente por causa de construções irregulares em encostas e beira de lagoas, remeto-me à uma passagem histórica da chegada, no navio Beagle, do naturalista Charles Darwin, também no mês de abril - só que no ano de 1832 - à então cidade maravilhosa. Veja o que ele descreveu sobre o cenário deslumbrante das montanhas do Rio de Janeiro: "Seguindo uma trilha, penetrei numa nobre floresta, e, de uma altitude de quinhentos a seiscentos pés, apresentou-se-nos uma dessas vistas esplêndidas que são tão comuns em toda a parte do Rio. Desta elevação a paisagem atinge o seu mais brilhante colorido, e cada forma, cada sombra, tão completamente excede em magnificência tudo o que o europeu sempre viu em seu país de origem que ele não sabe como as suas sensações - o efeito geral frequentemente lembra as mais alegres cenas de ópera ou dos grandes teatros." (Citado por Alberto Lamego, in O Homem e a Guanabara, p. XXI) Extraído do Livro "História do Rio de Janeiro - Os tempos Cariocas", *Paulo Paranhos, Editora Zem, página 194. *Paulo Paranhos foi ilustre morador de São João da Barra - RJ. Se Charles Darwin retornasse hoje à cidade maravilhosa e subisse uma montanha, o que será que ele veria???

terça-feira, 13 de abril de 2010

COMO ESCOLHER A ESCOLA DE NOSSOS FILHOS?

Com muito orgulho e felicidade, acabo de receber uma matéria sobre educação, de meu grande mestre, o eterno amigo e Professor Carlos Renato, que dividiu as salas de aula do Centro de Ensino Moderno - CEM - com meu saudoso pai, o sanjoanense João Oscar, quando lecionou por muitos anos a disciplina de história naquela inesquecível instituição educacional. Carlos Renato, meu conterrâneo de Teresópolis, estreia este espaço do blog com uma matéria muito importante denominada: Hora da matrícula - Como escolher a Escola dos nossos filhos? Cabe a nós como pais, fazermos uma análise de como foi o ano letivo dos nossos filhos na Escola (e em casa também!). Temos que verificar se todo o planejamento político-pedagógico feito pela escola para esse ano foi cumprindo ou não, e procurarmos saber quais serão as metas educacionais a propostas para o próximo ano letivo. Isto é mais que um dever nosso como pais; é a preparação do futuro dos nossos filhos e com o futuro deles não podemos deixar para depois; o momento da escolha é agora! E é nesta hora, exatamente nesta hora, que surgem os “entendidos” em Educação, que FALAM de educação de forma bem contundente, mas não convincente, principalmente para pais atentos e preocupados em escolher a Escola que realmente vá preparar os seus filhos para o futuro e não simplesmente porque a escola “esta na moda”. Falar em Educação, para “eles” (os “entendidos”) é bem simples; é muito fácil! Mas só falar, pois fazer Educação com qualidade é uma tarefa que requer mais do que simplesmente FALAR. Requer Escolas que possuam profissionais com dedicação quase que exclusiva e, como condição primordial, que esses profissionais possam ter um constante aperfeiçoamento e seleção das diversas técnicas modernas que serão utilizadas pela escola dos nossos filhos. Muitas vezes nos deparamos com novidades que, por sua fragilidade, são efêmeras. Educadores vocacionados não devem se preocupar unicamente com o agora nem deitar-se sobre os louros do passado. Devem sim, preparar-se para o futuro. Ter uma visão de futuro. Escolas voltadas prioritariamente para a parte tecnicista, esquecendo-se da parte humanística, são meras reprodutoras das teorias Fordianas. Tecnologia e humanismo devem caminhar lado a lado. Hoje em dia, a Escola deve estar preocupada em propiciar ao aluno – e por extensão à sua família – uma educação abrangente, que mostre e discuta as várias tendências do mundo moderno. Uma Escola deve preparar o futuro cidadão com uma consciência plural abordando todos os assuntos concernentes à sua formação integral. Nunca deve ser omissa ou permissiva, mas, acima de tudo, atuante e formadora de opinião. O aluno quando escolhe uma Escola deve procurar um ambiente em que possa desenvolver seu potencial intelectual, artístico, esportivo e cultural. A família, por sua vez, deve se preocupar, antes de tudo, com os profissionais que vão trabalhar e lidar com seu filho no dia-a-dia. Profissionais qualificados e dedicados, dispostos a ajudar e a compreender as várias faixas etárias com que lidam, são essenciais para ajudar as famílias a se decidirem pela Escola dos seus filhos. Esses profissionais tem que ser atuantes e estar sintonizados com os estudos sobre as capacidades do cérebro segundo Gardner (Inteligências Múltiplas – a visão sobre as diversas capacidades humanas) e Goleman (Quociente Emocional) e o desenvolvimento cognitivo de Lev Vygotsky (Teoria socio-cultural do desenvolvimento cognitivo – o “saber”, o “saber fazer” e o “saber fazer fazer”). Ter uma visão firme do futuro, com participação nas decisões em todos os seus projetos, é o que as famílias devem se preocupar na escolha da Escola dos seus filhos. Por isso, antes de matricular seus filhos em qualquer Escola, conheça quais são os projetos e propostas pedagógicas que ela oferece, quais são as metodologias que serão aplicadas nas diversas áreas e qual será a participação efetiva e permanente da família na formação integral dos seus filhos, pois ambas – Escola e Família – são também, na minha visão, as colunas mestras na construção do homem integral! Uma visão sem ação não passa de um sonho; ação sem uma visão é só passatempo; uma visão com ação pode mudar o mundo. Nossos filhos não podem ser deixados soltos ou por conta própria (nem em sala de aula e nem no pátio da Escola). Devem ser orientados e disciplinados por quem sabe o que FALA e, principalmente, o que FAZ, e dentro dos princípios éticos, morais, sociais e espirituais da família, pois "Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que tem sido por ela exercitados, fruto de justiça." (Hebreus 12.11) Fontes de pesquisa para este artigo: * Inteligências Múltiplas de Howard Gardner (1985). * Quociente Emocional de Daniel Goleman (1995). * Vygotsky – Uma Perspectiva Histórico-Cultural da Educação de Teresa Cristina Rego (2007). * Revistas e sites sobre Educação. * Pai de Carlos Rafael, Renata Cristina e Rosanna Cristina: filhos amados. Professor de Matemática e Pedagogo Carlos Renato de Castro Souza

ESCOLAS DEVERÃO TER PELO MENOS UMA BIBLIOTECA INSTALADA EM SUA DIREÇÃO

MAIS BIBLIOTECAS PARA OS ESTUDANTES
O Senado aprovou hoje uma lei que obriga todas as instituições de ensino do país a terem pelo menos uma biblioteca escolar. De autoria do senador Cristovam Buarque (PDT-SP), o projeto de lei foi promulgado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte. O projeto também determina que as bibliotecas deverão ter um acervo com pelo menos um título por aluno matriculado na instituição. Cristovam mencionou dados do Ministério da Educação, segundo os quais 68% das escolas públicas do país não possuem biblioteca.
E MAIS COMPUTADORES PARA OS MENOS FAVORECIDOS
Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2008, divulgada em 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), somente 31,2% dos lares do país tem computadores e 23,8% dispõem de internet. No último dia 04 de abril de 2010 foi divulgada uma pesquisa por amostragem - 21,5 mil brasileiros maiores de 10 anos - realizada pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR, que mostra que 61% da população não tem acesso à internet. Resolve essa também, Cristovam.

MAIS EMOCIONANTES IMAGENS DA FESTA DE NOSSA SENHORA DA PENHA

Foto: Fafá de Belém cantando "Ave Maria" na Festa da Penha de Atafona. Crédito da foto: SECOM/PMSJB
Foto: Multidão assiste a cantora Fáfá de Belém na Festa da Penha. Crédito da foto: SECOM/PMSJB
Foto: Missa campal em Atafona. SECOM/PMSJB Foto: Missa campal em Atafona. SECOM/PMSJB

segunda-feira, 12 de abril de 2010

MULTIDÃO ACOMPANHA A PROCISSÃO DE NOSSA SENHORA DA PENHA DE ATAFONA NESTE MOMENTO

18 horas e 33 minutos Nesta segunda feira, ao cair da noite, uma multidão de fiéis, estava à espera da saída da imagem de Nossa Senhora da Penha de Atafona para a tradicional procissão. Tudo muito bem organizado, a procissão que conta também com a passagem de outras imagens sacras, fez com que os presentes se emocionassem e caíssem em prantos com as fortes palavras em louvor à Santa mãe, dadas pelo Padre Gustavo Ribeiro - com a voz embargada e chorando muito por seu amor, fé e felicidade - que estava em estado de muita emoção. Até o experiente locutor da Rádio Barra FM, Isacc Aquino, que fazia a cobertura do evento santo, ao vivo, no local da procissão, teve que parar de transmitir por alguns minutos, devido à forte emoção sentida com a passagem da imagem de Nossa Senhora da Penha. Realmente é de emocionar à qualquer um, esta festa tão maravilhosa em louvor à Nossa Senhora da Penha. Acredita-se que o ponto de grande emoção será quando a cantora Fafá de Belém cantar a "Ave Maria".

FLASHES DA FESTA DE NOSSA SENHORA DA PENHA DE ATAFONA

Fotos gentilmente enviadas por Pascoal, ao qual este blog em muito agradece a colaboração do prezado internauta.

PARQUE NACIONAL DE JURUBATIBA FEZ ANIVERSÁRIO

O Parque Nacional de Jurubatiba, que fica entre os municípios de Macaé, Carapebus e Quissamã, completou seu 12º aniversário de existência. Suas lagoas, vegetação de restinga e biodiversidade da fauna, avifauna, ictifauna são relevantes para o litoral fluminense, por causa de suas condições endêmicas. Aguardemos a criação do nosso Parque de Iquipari, em São João da Barra, que será um dos maiores do Brasil.

CONCURSO DA EDUCAÇÃO EM SÃO JOÃO DA BARRA COM MAIS DE QUATRO MIL INSCRIÇÕES PELA INTERNET

O concurso público a ser realizado em São João da Barra, pela Funrio, na área de educação, contou com mais 4.309 inscrições feitas pela internet. São João da Barra teve aumentado o número de inscritos de 9.606 para 13.915 candidatos e o número de vagas manteve-se inalterado, ou seja 445.

AINDA O CASO DO ASSALTO AO BANCO ITAÚ DE SÃO JOÃO DA BARRA

O jornal da Folha da Manhã deste domingo, 11 de abril, fez matéria de meia página sobre o episódio que deixou todo mundo sem saber quais foram os criminosos que atearam fogo por um maçarico de funilaria nos caixas eletrônicos do Banco Itaú, em São João da Barra, no centro da cidade. O jornal também traçou a retrospectiva do assalto ao banco meses atrás, em dezembro de 2009. Estariam estes assaltantes usando a rota fluvial e marítima? Acreditemos no potencial investigatório da Polícia Civil. O Banco Itaú, com essas investidas criminosas, deverá abrigar o próximo BBB 11, de tantas câmeras que deverão ser instaladas no local...

domingo, 11 de abril de 2010

A BUSCA DO TESOURO PERDIDO DA LAGOA DE IQUIPARI CONTINUA...

Foto: A Escola Municipal José Alves Barreto, em Mato Escuro, 5º Distrito, promoveu um maravilhoso encontro entre os estudantes e arqueólogos. Veja mais fotos da palestra e a matéria na íntegra, clicando AQUI Cortesia da Diretora da escola, Claudia Oliveira. Parabéns Claudia!!!

CAVALGADAS EM SÃO JOÃO DA BARRA: UMA TRADIÇÃO QUE SE EXPANDE A CADA ANO

Foto: Cavaleiros de Honra de São João da Barra. Imagem extraída do Livro de João Oscar, "Apontamentos para a História de São João da Barra".
O Blog já publicou a importância das cavalgadas no território sanjoanense e na região Norte Fluminense, tempos atrás. As cavalgadas em São João da Barra tem conseguido agregar cada vez mais adeptos desse esporte, que na verdade, tem o cabedal do resgate de uma tradição de vários séculos atrás. Teremos hoje a belíssima Cavalgada de Nossa Senhora da Penha (sairá do Sítio do "Cuíca" em Atafona) assim como temos durante o ano outras várias cavalgadas, com muitos roteiros diferenciados, o que mostra a criatividade do povo sanjoanense. Tem cavalgada religiosa, cavalgada de enduro e também cavalgada de ecoturismo. Não só à cavalos vão os peões, pois tem também as charretes que conseguem levar um número maior de pessoas e dão um toque especial ao evento, por causa dos enfeites e adereços que geralmente são confeccionados para as mesmas. Já vi realizações de cavalgadas do Açu à Iquipari, de Atafona à Iquipari, cavalgada do Bairro de N.Sa de Fátima ao centro da cidade, cavalgada do Bairro N.Sa de Aparecida à Atafona e por aí se vai... Segundo os amigos meus amigos e vizinhos, Augusto e Ivaldo (ambos contadores durante a semana e cavaleiros durante os finais de semana), que fazem parte da Associação dos Cavaleiros de São João da Barra, o movimento de cavalgada tende a aumentar cada vez mais em nossa cidade e as pessoas estão organizando seus grupos, muitos deles entre família. O Presidente do ANDA, Ayrton Violento, que tem uma ONG credenciada internacionalmente em circuitos de caminhada e cavalgada e é também um dos diretores do Instituto Sete Capitães, antes de ter viajado para a Itália, já manteve contatos com Andre Pinto no sentido de comparecer em São João da Barra ainda este ano, para fazer uma palestra mostrando como se cadastrar um roteiro de cavalgada em circuito nacional e internacional e quais são os benefícios de tal atitude. São João da Barra precisa segmentar mais os seus atrativos e está no caminho certo para isso. Para se ter idéia, o Ministério do Turismo tem um Macroprograma chamado de Planejamento e Gestão - SNPTUR. Dentro deste programa, existe um sub-programa chamado de estruturação dos segmentos turísticos. Este sub-programa é norteado por duas linhas estratégicas: segmentação da oferta e da demanda do turismo e estruturação de roteiros turísticos. A segmentação da oferta e da demanda constitui uma forma de organizar o turismo. É uma estratégia para a estruturação de produtos e consolidação de roteiros e destinos, a partir de elementos de identidade de cada região, em função da demanda. Tais elementos caracterizam os principais segmentos da oferta turística trabalhados no programa: Turismo Cultural, Turismo Rural, Ecoturismo, Turismo de Aventura, Turismo de Esportes, Turismo Náutico, Turismo de Saúde, Turismo de Pesca, Turismo de Estudos e Intercâmbio, Turismo de Negócios e Eventos, Turismo de Sol e Praia, entre outros. Nesse contexto insere-se transversalmente o turismo social, como uma forma inclusiva de conduzir e praticar a atividade turística com vistas à melhor distribuição de benefícios. O próprio Ministério do Turismo disponibiliza um endereço eletrônico para contatos : segmentos@turismo.gov.br

Queria lembrar também que o Estado do Rio de Janeiro, ganhou o Programa Estadual de Vias Verdes pelo turismo Ecológico, destinado ao fomento do turismo ecológico e rural à margem de vias férreas em desuso, cursos d’água, represas e estradas vicinais em sítios de expressivo interesse turístico, cultural, histórico, ambiental e de lazer. O programa foi instituído pela Lei 5.481/09, sancionada pelo governador Sérgio Cabral e publicada no Diário Oficial do Poder Executivo em 22/06/09. Taí a sugestão de se fazer uma cavalgada contemplativa por cima do Dique, que beira o Rio Paraíba do Sul e que tem um das mais belas vistas da Planície Goytacá! No mais, boa cavalgada à todos e viva a tradição, cavaleiros!!!!
Foto: Muitos peões que cuidam do gado sanjoanense, se reúnem em cavalgadas para trocarem experiências, tomarem uma cervejinha gelada e saborearem um churrasco amigo. A tradição deve ser mantida. Local da Foto: por trás do dique São João, tendo ao fundo a linda Mata São João. Crédito da foto: Walmir Lopes Baldino.

sábado, 10 de abril de 2010

APAGÃO EM MUITOS BAIRROS DE SJB SE DEU POR URUBU QUE COLIDIU COM FIAÇÃO PRÓXIMA AO BAR DO FLAMENGO DE "ZEDINHO"

Foto: "Zedinho", dono do concorrido "Bar do Flamengo", mostra o pobre urubu queimado pela fiação de alta tensão. Foto de Pascoal.
Foto: Funcionários da Ampla não acreditam nessa ocorrência "atípica", ainda mais na frente do "Bar do Flamengo" de "Zedinho". Mau presságio para o jogo de amanhã? Foto de Pascoal.
Foto: Moradores, mesmos sem energia, ainda tiveram tempo para tirarem gozações com o "Zedinho" que é um flamenguista fervoroso. Foto de Pascoal.
URUBU COM ENERGIA? Hoje, por volta das 13 horas e 30 minutos faltou energia elétrica em alguns pontos da cidade devido ao curto-circuito na rede de alta tensão. O mais curioso disso tudo, relatado por nosso amigo Pascoal, é que o curto-circuito foi provocado por um Urubu, na avenida Rotary. antiga BR 356. Não bastasse essa curiosidade, o mais interessante vem agora: O Urubu atrapalhado bateu no fio em frente ao "Bar do Flamengo" do amigo "Zedinho". Parece história de gozação de pescador, de caçador ou de cara mentiroso, mas não foi.
O amigo "Zedinho" é o dono do famoso "Bar do Flamengo" e tem como um amuleto uma "Nêga Maluca" em tamanho natural que sempre quando o mengão vence ele a coloca na entrada do bar para receber os amigos. O fato de hoje foi motivo de muitas brincadeiras, tudo por ele ser torcedor fanático deste time, que tem a maior torcida do mundo. "Ficamos praticamente umas 4 horas sem energia elétrica" - alegaram os moradores que olhavam para o pobre "urubuzinho".
Sem dúvidas, essa foi um matéria muito curiosa, que jamais o blog pensou em publicar! Tem testemunhas pacas! As fotos falam por si.
Domingo ,11 de abril, é dia do time do Flamengo jogar com o time do Vasco e vai passar na televisão. Esperamos que não tenha algum "bacalhau" agarrado na fiação! Seria por demais acreditar nisso!
O Blog agradece a cortesia de Pascoal pela matéria e fotos! Isso é história gente!

MV BILL, FAMOSO RAPPER, PRESTES A RECEBER UM EXEMPLAR DE "A SAGA DE UM HERÓI NEGRO" DE JOÃO OSCAR

Foto: O Famoso Rapper MV Bill, que esteve no Haiti, poderá receber em breve um exemplar do livro "A Saga de Um Herói Negro" do escritor sanjoanense , João Oscar, através do movimento CUFA-Campos dos Goytacazes. Foto extraída do blog www.audiocama.wordpress.com
CUFA- CAMPOS VALORIZA A HISTÓRIA DE CURUNKANGO
Foi com grande satisfação que vi a notícia estampada no Blog da CUFA - Campos dos Goytacazes, com a indicação de leitura do livro de meu pai, João Oscar, intitulado "A Saga de Um Herói Negro". Como o movimento CUFA (Central Única das Favelas) é de grande importância para inclusão social daquelas pessoas esquecidas pelas políticas sociais, culturais, habitacionais e esportivas, me senti na obrigação de doar 30 exemplares do referido romance para que a Associação consiga obter renda própria para implementar ainda mais os belos projetos em sua sede de Campos e quem sabe, possamos fazer um relançamento do mesmo com a presença do renomado Rapper MV Bill, que já visitou o Haiti, foi no Faustão várias vezes, ganhou prêmio da UNESCO e escreveu inteligentes letras de Hip Hop, falando da discriminação racial, violência e outros assuntos relevantes. João Oscar desejaria realmente isso! Espero que um dos exemplares chegue às mãos do MV Bill, nosso famoso rapper do Brasil!!! Estamos aguardando maiores contatos com o CUFA - Campos, para alinhavarmos o encontro. O QUE É A CUFA? A CUFA – Central Única das Favelas – é uma organização sólida, reconhecida nacionalmente pelas esferas políticas, sociais, esportivas e culturais. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas do Rio de Janeiro – principalmente negros – que buscavam espaços para expressarem suas atitudes, questionamentos ou simplesmente sua vontade de viver. A organização tem o rapper MV Bill como um de seus fundadores, este que já recebeu diversos prêmios devido à sua ativa participação no movimento Hip Hop. Em 2004, a UNESCO o premiou como uma das dez pessoas mais militantes no mundo na última década. Além dele, a CUFA conta com Nega Gizza, uma forte referência feminina no mundo do Rap, conhecida e respeitada por seu empenho e dedicação às causas sociais. Nega Gizza é também diretora do HUTÚZ, o maior festival de Rap da América Latina, que é produzido pela CUFA. O Hip Hop é a principal forma de expressão da CUFA e serve como ferramenta de integração e inclusão social. Por ser um movimento que, há 20 anos, sobrevive se delineando nos guetos brasileiros, mesmo sem o apoio da mídia, cresce e se fortalece a cada dia, arrebatando admiradores de todas as camadas sócio-econômicas e deixando para trás o rótulo de “cultura do excluído”. Ao longo de sua existência, o Hip Hop vem criando um movimento forte, atraente, com grande potencial, e segue abrindo portas para novos nichos comerciais ainda não explorados. Através de uma linguagem própria, a CUFA pretende ampliar suas formas e possibilidades de expressão e alcance. Assim, vai difundindo a conscientização das camadas desprivilegiadas da população com oficinas de capacitação profissional, entre outras atividades, que elevam a auto-estima da periferia quando levam conhecimento a ela, oferecendo-lhe novas perspectivas. Agindo como um pólo de produção cultural desde 1999, por meio de parcerias, apoios e patrocínios, a CUFA forma e informa os cidadãos do Rio de Janeiro e dos outros 25 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. Dentre as atividades desenvolvidas pela CUFA, há cursos e oficinas de DJ; Break, Graffiti, Escolinha de Basquete de Rua, Skate,Informática, Gastronomia, Audiovisual e muitas outras. São diversas ações promovidas nos campos da educação, esporte, cultura e cidadania, com mão-de-obra própria.