domingo, 31 de julho de 2011

O "SNOOPY" E AS BRINCADEIRAS DE DOMINGO...

                                             QUE RAÇA É ESSA?

Foto: O exótico cãozinho "Snoopy", de cinco meses, tem uma mistura de raças interessante. Foto: Andre Pinto

Foto: O "Snoopy" tirando onda de galã. foto de Andre Pinto.

Foto: Quem é que consegue limpar o nariz desta forma? Foto de Andre Pinto.

Foto: O jovem "Snoopy" também gosta de tirar onda ao se parecer com o jogador Neymar. Foto de Andre Pinto.

A MISTURA DE UMA RAÇA E A ALEGRIA DE UMA CRIANÇA

Feio, bonito, esquisito, diferente? Cada um tem uma opinião. Alguns dizem que ele é a nova raça "Pooncher", ou seja, a mistura de "poodle" com "pincher". Pode ser. O interessante é que esta mistura da natureza, criou o "Snoopy", um cãozinho inteligente, que faz a alegria da jovem Duda de apenas 11 anos e sua família.

O "Snoopy" esteve visitando São João da Barra neste final de semana  e eu não pude perder a chance de conhecê-lo. A Duda, que é "dona" do "Snoopy", é filha de Érika Carvalho, que trabalha na ARG Civil Port no Porto do Açu.

Que cãozinho esperto! O bichano poderia participar de um concurso de cães exóticos e se daria bem. Foi um domingo de muitas risadas com a presença do "Snoopy".

Valeu "Snoopy"! Vê se encontra outra de sua raça, pois vou querer um clone seu!

Abraços!

sábado, 30 de julho de 2011

PARTICIPE DO I SEMINÁRIO MOSAICO AMBIENTAL NO IFF - INSCRIÇÕES GRATUITAS

CASA DE CULTURA JOÃO OSCAR TEVE EVENTO TURÍSTICO SOBRE PROJETO GEOPARQUE



*Por Bruno Costa
  Jornalista

Aprovação de Geoparque coloca São João da Barra no cenário do Turismo Internacional
Lagoa do Salgado vai ser o carro-chefe para a criação do Geoparque Costões e Lagunas

Uma verdadeira diversidade institucional marcou o encontro para discussão do “Geoparque Costões e Lagunas” que aconteceu na manhã desta sexta-feira, 29, na Casa de Cultura João Oscar do Amaral Pinto, no centro de São João da Barra. Estiveram presentes no evento o secretário municipal de Meio Ambiente, Marcos Sá, o subsecretário da pasta, Alex Firme, o assessor da secretaria, André Pinto – organizador do encontro, o vereador Alexandre Rosa, além da coordenadora do projeto, Kátia Mansur, que é doutora em Geologia pela UFRJ, Gisele Ferolla, da Universidade de Zurique, e Álvaro Cruz, da secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro.

Houve representação também da ONG Cocidama, da Associação de Hotéis, Pousadas, Bares e Restaurantes (Ashop’s Bar), do Departamento de Recursos Minerais (DRM), Sindicato Rural de São João da Barra, “Ligado no Ambiente” projeto da Andesa, LLX e prefeitura de São João da Barra, Associação de Moradores e Produtores do Quinto Distrito, Conselho Municipal de Cultura, Espaço da Ciência, Projeto Pólen, secretaria de Meio Ambiente de Campos, Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Sustentável, Casa da Ciência da UFRJ, mestranda do IFF (Caroline Tudesco), Ministério da Ciência e Tecnologia, Petrobras e projeto “Soma”, além do professor e historiador ambiental Aristides Soffiati.

Durante o encontro foi abordada a temática Geoparque e suas finalidades: “São locais com sítios do patrimônio geológico e paleontológico de especial importância científica e serão protegidos de forma sustentável, gerando atividades de geração de renda, principalmente turísticas. Vinculado ao Ministério de Minas e Energia, através do Serviço Geológico, o Projeto Geoparques terá um plano de desenvolvimento regional integrado à realidade local”.

O Geoparque “Costões e Lagunas” já mapeou 144 sítios, entre eles, a importantíssima Lagoa Salgada (ou do Salgado), sítio geopaleontológico situado em São João da Barra, originário do período pré-cambriano com espécies raras como o estromatólito, considerado o único fóssil vivo e que explicaria a origem da vida. Além disso, São João da Barra conta com peculiaridades no quesito patrimônio natural e arquitetônico.

“O projeto fluminense abrange 15 municípios do litoral, de Maricá, na região metropolitana, até São João da Barra, no norte fluminense. A partir deste levantamento faremos um inventário do projeto a ser apresentado à Unesco entre os meses de outubro e dezembro deste ano”, esclarece Kátia Mansur.

Caso aprovado, dará ao país o segundo geoparque das Américas e o 78ª do mundo. O Geoparque de Araripe foi criado em 2006, no Ceará. Os estados de Minas Gerais e Mato Grosso do Sul também já apresentaram propostas e pleiteiam o selo, que garante reconhecimento mundial, por meio de uma rede global, estimulando o turismo científico e cultural.

O Geoparque oferece a possibilidade de proteção da paisagem e dos monumentos naturais, aliada ao turismo e ao desenvolvimento sustentável, focados em infraestrutura, atividades econômicas na área gastronômica, artesanal, dança, cursos de qualificação para fiscais e guias, eventos literários, científicos e ecológicos.

“Os municípios podem trabalhar com roteiros geoturísticos. Para percorrer o Geoparque Costões e Lagunas um turista fecha um pacote de 15 dias. Para se tornar Geoparque é preciso importância internacional e este tem. Na Lagoa Salgada, por exemplo, existem várias teses internacionais e é bem conhecida no exterior. Os estromatólitos são a evidência do início da vida, foram responsáveis pela atmosfera e são reservatórios do pré-sal, isso pouca gente sabe. É bom lembrar também que precisamos do envolvimento das comunidades no projeto. As pessoas têm que se apropriar e reconhecer sua importância”, ressalta Mansur.

Para André Pinto, São João da Barra saiu na frente: “participamos de diversas reuniões da organização para a criação do Geoparque, além de sermos um dos sete primeiros municípios a fazerem reunião com a sociedade. Nesta reunião de hoje saímos mais fortalecidos ainda”. E acrescenta: “Geoparque é a proteção que teremos relacionadas ao patrimônio e visa incentivar a população local a conhecer e valorizar sua origem. Podemos ter um mini museu da vida no planeta na localidade do entorno da Lagoa do Salgado com amostra de estromatólitos, filmes, peças teatrais, teses, museu dormitório, internet, artesanato temático, ponto de memória da localidade, reunião para contar causos, lendas, danças típicas. Um verdadeiro centro cultural na localidade. A Lagoa do Salgado ser com certeza a comissão de frente deste Geoparque.”



Segundo André, houve um desdobramento do encontro e ficou acordado com a Casa da Ciência da UFRJ que durante a Semana Nacional da Ciência e Tecnologia haverá uma parceria com o Núcleo de Educação Ambiental da secretaria municipal de Meio Ambiente e o Espaço da Ciência para formalizar um evento para discutir assuntos relativos à Lagoa do Salgado com os estudantes das escolas municipais do entorno e comunidade.



De acordo com Mônica Terra, da assessoria de imprensa do projeto “Ligado no Ambiente” numa parceria entre a Andesa, LLX e prefeitura, foi gratificante saber que os atrativos naturais de São João da Barra estão inseridos no projeto Geoparque e que ações sustentáveis com esta incentivarão as comunidades do entorno a melhorar a qualidade de vida, preservando o meio ambiente e gerando renda. “Seremos transmissores dessas boas novas à comunidade escolar”, frisa. O projeto “Ligado no Ambiente” trabalha com Educação Ambiental nas escolas e está em fase de construção da Agenda Ambiental Escolar.

TURISMO CIENTÍFICO EM SJB É TEMA DE MATÉRIA DA TV CANÇÃO NOVA

A equipe de jornalismo da TV Canção Nova, com sede em Cachoeira Paulista, em São Paulo, esteve durante esta sexta-feira em São João da Barra, conhecendo os atrativos turísticos do município e também buscando informações sobre o processo erosivo de Atafona.

Depois de identificarem vários pontos da Praia de Atafona, que foram tomados pela fúria do mar durante os últimos anos, a equipe da TV Canção Nova entrevistou o Engenheiro e ex-presidente e atual membro da ONG Associação de Amigos e Defensores de Atafona - ASADATA,  Sérgio Romero Lopes Costa sobre as possíveis iniciativas a serem tomadas quanto ao problema do processo erosivo, bem como entrevistou o Guia em Turismo Científico, Andre Pinto, que explicou sobre o fortalecimento da segmentação de Turismo Científico na região.

A matéria vai ao ar no jornal noturno da TV Canção Nova, na próxima sexta-feira, no horário das 19 horas. Imperdível.




Abaixo, algumas imagens de eventos do turismo científico em São João da Barra:



Foto: A entrada do Centro de Convenções da UENF anuncia ao Iº Simpósio de Jornalismo Científico. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Grupo de seminaristas se cadastra para o Turismo Científico em Atafona, ainda no Campus da UENF. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Seminaristas do Simpósio de Jornalismo Científico ansiosos para a visita técnica. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Andre Pinto, que é Guia cadastrado na Turisrio, com experiência comprovada em Turismo Científico, dá as boas vindas ao grupo, na saída do ônibus executivo da UENF em direção à São João da Barra-RJ. Crédito da Foto Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Aproximadamente 30 profissionais conheceram o processo erosivo de Atafona e ainda assistiram a vídeo institucional de São João da Barra e outro denominado " Atafona em Ruínas", no próprio ônibus executivo. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP

Foto: O grupo chega ao Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação, no Balneário de Atafona. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: O Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação estava aguardando o grupo para fazer as boas vindas. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto:O geógrafo Alex Ramos, um dos monitores do Espaço da Ciência, dá as boas vindas ao grupo e conta a história da fundação do Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação e antecipa as atrações científicas encontradas no local. Crédito da foto: Marco Pacheco.

Foto: Marco Pacheco, Técnico Ambiental da SEMASP, acompanha o grupo de profissionais compostos por jornalistas, biólogos, professores etc. Crédito da foto: Andre Pinto.

Foto: O saguão do Espaço da Ciência ficou cheio e o rendimento das atividades foi 100%, contando com o excelente trabalho dos monitores do local. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: O espetáculo dos aquários encantou aos turistas-seminaristas. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Houve venda de produtos artesanais do local , como os doces caseiros variados. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Alex Ramos fala dos pequenos crustáceos que foram preservados em ampolas para amostragens. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Fotos: Estas foram duas fotos de despedida do grupo, agradecendo a acolhida da direção e funcionários do Espaço da Ciência Maria de Lourdes Coelho Anunciação. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: O grupo desembarca nas imediações das ruínas de Atafona. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Todos tem o interesse de conhecer de perto o processo erosivo de Atafona, tão falado na mídia, inclusive, no Jornal Bom Dia Brasil, neste mesmo dia do guiamento científico. Crédito da Foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: O Guia Andre Pinto fala do antigo "Prédio do Julinho", um exemplo da fúria do mar em que as imagens estão no you tube gravadas pela imprensa e moradores. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: Andre Pinto mostra o local exato do cenário do filme de ficção científica (Depois - uma produção da Nonada Filmes) que foi rodado no local. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

Foto: O Grupo, depois das explicações de Andre Pinto, foi liberado para momentos de contemplação com a natureza e fotos de recordação do local. Crédito da foto: Marco Pacheco - SEMASP.

quarta-feira, 27 de julho de 2011

PRODUTO ORGÂNICO DE SÃO JOÃO DA BARRA JÁ FOI ENVIADO ATÉ PARA DUBAI

O repórter Isaac Aquino esteve, na semana passada, visitando a ORGANICS, uma empresa legitimamente sanjoanense. Segundo informações do empresário Normando Martins de Carvalho, amostras do produto foram enviadas para os Emirados Árabes, recentemente. Veja a matéria abaixo, extraída do Jornal SJB ON LINE e orgulhe-se!.



         De Atafona para o Brasil.


A teoria prescreve que é importante ingerir alimentos saudáveis para manter uma boa saúde. Não existe mais a ideia de que vale descuidar-se do corpo e deixar de se alimentar corretamente.

Um brilhante exemplo são os alimentos orgânicos, que já são realidades no dia a dia e atendem a todos os seres humanos; Vale frisar: fazem muito bem ao corpo; podendo ser chamado de combustível de qualidade.

Já faz parte da realidade de São João da Barra, mais precisamente em Atafona, uma fábrica de insumos orgânicos; atendendo a produtores rurais da Região e também do Estado da Bahia.

O português Normando Martins de Carvalho está à frente da Empresa Organics; hoje aos 72 anos de idade, com residência marcada no Brasil há 56 anos. Senhor Normando foi representante comercial da indústria farmacêutica por 20 anos e teve propostas para trabalhar em vários outros países; Todavia, sempre acreditou no Brasil e não arredou o pé da terra do carnaval.

Através de sua esposa, conheceu São João da Barra e acabou se apaixonando; hoje possui o título de “Cidadão Sanjoanense”. Prédio como, a antiga estação ferroviária, pertence ao senhor Normando, além de sua residência na praia de Atafona.
No que diz respeito ao Organics, o prédio possui 300 M², com sistema de água e esgoto nos padrões exigidos pelo INEA; como também, toda a instalação elétrica conforme os padrões exigidos; o sistema de ventilação engloba toda a área de empacotamento e armazenamento dos insumos orgânicos; o espaço físico é amplo, possibilitando o circuito de funcionários.

Esterco Bovino, terra fértil, adubo orgânico, fertilizante mineral, serragem, fazem parte do quadro de produtos vendidos pela empresa.

Devido à distância da fábrica, um dos problemas encontrados diz respeito à aquisição de material para embalagem dos produtos; a mais próxima fica em São Paulo.
É importante ressaltar que, Sr. Normando possui projetos futuros que tem a ver com a produção de farinha de osso e torta de mamona.

A Orgacnics distribui seus produtos na região, para os estados do Espírito Santo e Bahia. A Empresa está instalada em Atafona, 2º distrito de São João da Barra, à Rua Antonio Bongosto, 90. Telefone para contato: (22)-2741-0952.

Reportagem:Isaac Aquino
Redação:Marcelle Salerno

                                                   

TV CANÇÃO NOVA FARÁ MATÉRIA SOBRE O TURISMO CIENTÍFICO EM SÃO JOÃO DA BARRA


A equipe do Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra, participará de uma matéria a ser veiculada no telejornalismo da TV Canção Nova, para os próximos dias. Segundo o responsável pelo telejornalismo da TV Canção Nova, Leonardo Souza, a matéria irá ao ar no telejornal da noite, na próxima semana.

Entre os assuntos abordados, estão o processo Erosivo do Pontal de Atafona e a segmentação do Turismo Científico que está em amplo crescimento no município de São João da Barra. O Guia em Turismo Científico, Andre Pinto, que participou do projeto "EROSÃO DE ATAFONA - UFF" (www.uff.br/atafona) receberá a equipe da TV Canção Nova nesta sexta-feira próxima, juntamente com membros do Núcleo de Educação Ambiental da SEMASP.

Vale lembrar que várias emissoras de tv já estiveram no município explorando o tema, algumas levando à sério suas matérias e outras satirizando a questão do fim do mundo, começando pelo Pontal de Atafona. De qualquer forma, São João da Barra está sempre em evidência por seus fenômenos nada convencionais e vale a pena conferir mais esta matéria a ser feita por uma emissora de respeito.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

SÃO CRISTÓVÃO NÃO É SURDO...

Que a carreata em louvor à São Cristóvão, por aqui em São João da Barra, é muito bem vinda em nossas ruas e avenidas, procede. O que não procede é vermos e ouvirmos os "motoqueiros", ao contrário dos motociclistas conscientes, explodindo os motores com fortes estalos de velas soltas, sem capacetes, fazendo zigue-zagues arriscados pelas ruas e empinando suas rodas dianteiras, tendo à frente, muitos menores e desabilitados. Uma boa buzinada já bastava para a alegria de todos, amigos!

OS ÓRFÃOS DOS FILHOS DA PAUTA...

Gravura extraída do site www.subsolodememorias.blogspot.com


Nos parece que aquela canção do GeraldoVandré, que combatia os tempos da ditadura no Brasil, está sendo impedida de ser tocada nos ouvidos de alguns componentes de alguma importante casa deste município! Aquele trecho: "Vem, vamos embora, esperar não é saber, quem sabe faz a hora, não espera acontecer...", é o que parece estar incomodando à um "grupinho" por aqui, nas imediações da Barão de Barcelos, às segundas e quintas-feiras!

O famoso livro "Guinness Book", aquele dos recordes mundiais, está de "olho vivo" numa das pautas mais rápidas do velho oeste, ou da velha restinga -  de dar inveja aos tempos do administrador João Velho Pinto! É quase à velocidade da luz! No entanto, é a luz divina que está faltando na certa casa...

Não seria legal se o Livro dos Recordes escolhesse essa "casa" por causa da quantidade de suas benfeitorias à sociedade??? Infelizmente não! 

Palavras fortes como UNIÃO, ABASTECIMENTO E LIMPEZA estão sendo minadas e dando lugares à palavras como INCERTEZAS, DISCÓRDIAS, IMUNDICES E PÂNICO!  Quatro palavras muito tristes!    

Muitos estão se tornando órfãos desses filhos da pauta! Sabe-se que aproximadamente 400 órfãos estão à mercê da própria sorte! Ainda este mês serão jogados à "Roda dos Expostos", literalmente!

Os filhos da pauta,  são "velozes e furiosos"! Também são orquestrados, por que não?. No entanto, vem desafinando a cada apresentação. A ampulheta está soltando as areias do tempo... O tempo se vai... Ao mesmo tempo, as areias estão desenhando formas, bem aos pés dos filhos da pauta. Talvez as mesmas areias do tempo venham a formar fatais brechas movediças, um sepulcro repleto de jararacas e papa-defuntos! Aí será a vez dos filhos da pauta em conhecerem de perto o que significa o ostracismo e o repúdio de um povo marcado pela injustiça de alguns!  


PARAÍBA TEM NÍVEL PREOCUPANTE, NESTA ESTIAGEM

Em conversa com familiares pescadores, que tem mais de 40 anos de pesca no velho Rio Paraíba do Sul, pude notar a preocupação dos mesmos com o baixo nível das águas deste rio, nesta temporada de estiagem. Segundo estes pescadores, as pequenas embarcações não estão conseguindo passar por pontos antes considerados de boa pesca de lance de rede. 

Um dos meus primos que pratica windsurfe nas águas do Rio Paraíba do Sul, chegou a me dizer que quase teve um acidente ao passar por um ponto de espigões que ficava, em outros tempos, bastante submerso! A situação é crítica, afirmou este meu primo que não quis ser identificado nesta matéria.

Em 22 de julho passado, a cidade de Itaocara - RJ, teve uma audiência pública para a discussão da construção da Usina Hidrelétrica de Itaocara. O que será de nossas águas da foz, com a construção desta represa? Ainda tem o Estado de São Paulo que quer projeto de transposição e empresas ligadas ao Complexo Portuário e Logístico do Açu que precisarão das águas do Paraíba do Sul... 

Bem que o Jornal Folha da Manhã, de Campos, poderia fazer novamente as excelentes matérias sobre o assunto...

EMPRESAS DE GÁS EM SÃO JOÃO DA BARRA COM AMPLA CONCORRÊNCIA

Nunca vi tantos carros de comércio de gás liquefeito de petróleo (GLP), o conhecido gás de cozinha, passarem pelas ruas de São João da Barra nestes últimos dias. A concorrência está a todo vapor. Uma recente lei estadual proibiu as motos de colocarem os botijões nas laterais, boa iniciativa! Estas motos eram verdadeiras "bombas ambulantes", dignas de olhares maldosos de algum terrorista em potencial. Ainda bem que não temos por aqui alguma célula do Al Qaeda, do IRA, ou algum partido político extremista, ao contrário de outros países.

Com o advento dos carros utilitários compactos e mini-caminhões, ficou mais fácil de se venderem os botijões pelas cidades. São uma espécie de "estoques ambulantes" que podem estacionar em qualquer canto. Se ao mesmo tempo a Agência Nacional de Petróleo - ANP - fiscalizava os depósitos clandestinos de gás, devem os órgãos de trânsito em suas específicas esferas, fiscalizarem também como andam as condutas dos condutores destes carros "bombas" por nossa cidade. Existe algum treinamento específico para se transportarem estas cargas? O condutor tem que ter uma carteira de motorista diferenciada? Sei lá... 

Por enquanto não tivemos quaisquer incidentes ou acidentes, graças à Deus! Se as empresas desse ramo tivessem um disque-gás 0800, muito combustível seria economizado com as entregas, que não seriam aleatórias como são e o consumidor não teria que pagar os custos da entrega, pois a empresa não teria fundamentos para cobrar a viagem, eis que a venda dirigida diminui custos de transporte.

Menos carros, menos acidentes e menos barulho nas ruas. Mais segurança, praticidade, economia e um ambiente urbano mais contemplativo! 

Vamos repensar nossa cidade! 

sábado, 23 de julho de 2011

FAMÍLIA DO BARÃO DE CEDAQUI EM FESTA: 80 ANOS DE CÉLIO AQUINO


Foto: O escritor, historiador, colunista, anarquista e contemplativo da natureza, Barão de CEDAQUI, o nosso Célio Aquino!
Foto de Andre Pinto.
Hoje é o aniversário do Barão de CEDAQUI! Para quem não o conhece, o Barão de CEDAQUI é o nosso querido amigo Célio de Souza Aquino.

O Barão de CEDAQUI, segundo informações oficiosas, estará muito anarquista, em sua festa de aniversário hoje! Aguardemos as travessuras de Célio Barão...

O seu saudoso primo, o escritor João Oscar do Amaral Pinto, certa época fez a GENEALOGIA SIMPLIFICADA DE CÉLIO DE SOUZA AQUINO, e descobriu a estirpe nobre deste vulto sanjoanense. Vejamos abaixo:

Vasco Fernandes Coutinho, donatário da Capitania do Espírito Santo (1536), era filho de Jorge de Melo, apelidado "Lagio", fidalgo português natural do Alenquer, e de Leonor Sobreira. Casou-se com Maria do Carmo (filha de André do Campo) e tiveram dois filhos: Jorge de Melo e Martim Afonso de Melo. Dele, também nasceu um filho bastardo: Vasco Fernandes Coutinho (filho), que foi casado com Luísa Grimalda, filha de Pedro Álvares Correia (irmão do famoso Caramuru).Vasco Fernandes Coutinho (filho) e sua mulher Luísa Grimalda foram pais de João Ferreira Coutinho, o qual se casou com Maria de Mello Nunes, filha de Mathias Teixeira Nunes. Desse consórcio, nasceu o Capitão-mor Antônio Teixeira Nunes (figura importante na revolta de Benta Pereira, em Campos), o qual se casou com margarida, filha de Nicolau Tolentino Lisboa, tendo, entre outros, os seguintes filhos: José Teixeira Nunes (avô do saudoso Ubaldo Sena) e Anna, que viria casar-se com Braz de Souza. Desse último casal, nasceu Clara Teixeira Nunes, que se casou com Manuel Malhardes, português, natural do Algarves, dos quais vieram os filhos Agenor de Souza Malhardes, Maria (Mariquinha), Antônio Nunes, Amélia de Souza Pinto e Agravalina de Souza Aquino, casada com Pedro Aquino.

(Dados extraídos dos livros HISTÓRIA DA COLONIZAÇÃO PORTUGUESA NO BRASIL, litografia Nacional, Porto, Portugal, 1924, e HISTÓRIA... de S.J. da Barra, de F.J. Martins, Rio, 1868).


Parabéns Célio Aquino e família!

COISAS DE BROGODÓ, SUCUPIRA E MORDE E ASSOPRA...

Cidade pequena é uma coisa! Acontece um fato e todo mundo sabe. A Câmara pega fogo com as discussões, todo mundo sabe em tempo real. Não é magia, é tecnologia! A casa do nosso amigo "Marquinhos de Iara" foi assaltada e em poucos segundos, digo, segundos, uma multidão já estava no local! Impressionante! Isso é que é insider information! Digno trabalho de fofoca em net work, ou seja, em rede mesmo! Nem mesmo a polícia tem esse canal de comunicação tão eficiente (e também destrutivo) que vem desde a antiguidade!

De manhã só se ouve aquela música cadenciada do departamento jornalístico da Rádio Barra FM, como se alguma bomba viesse à tona. Quando a música começa, depois das 8 horas, dá um certo suspense e frio na barriga! São João da Barra está um verdadeiro paiol! Haja pólvora! Se o a música toca enquanto você coloca o café na xícara... Bau, bau! sua mão treme e o café cai na toalha de mesa,  suja tudo, você leva um esporro, tamanho o suspense que é dado! Parece cena dos filmes de Bang Bang do Trinity!  

Por curiosidade, vale lembrar também que a Delegacia Legal foi inaugurada recentemente e já havia um grupinho escondido por lá à espera da informação do primeiro hóspede! Alguns diziam baixinho: foi enquadrado na "Maria da Penha", já outros diziam: "Foi furto de galinha dos outros, pra comer (???)..." e mais outros: "Foi o cara que pegou a Égua de Zé Conhaque!"  Que coisa, hein! Imagina quando houver a instalação do Motel "X" por aqui??? Acho que vai ter muito ambulante nas imediações ganhando dinheiro com os "olheiros de plantão", tamanha a novidade do empreendimento "sustentável" !  Os topiqueiros vão vender até pacotes turísticos para o Motel "X", vejam só! Que o motel não seja na restinga! 

Soltam-se foguetes em algum ponto da cidade e aí se vai uma caravana de curiosos para saber se é política, time de futebol ou, na pior (melhor) das hipóteses, algum traficante sendo preso pela polícia!

O Portal OZK, um famoso site local na internet, está sendo líder de informação na nossa cidade. Aconteceu, virou fato no OZK. Se o cara pensou em se jogar do Cais do Imperador para dar fim à sua vida, no local já vai estar algum repórter do OZK, com roupas de mergulho e tudo! Êta eficiência dos tempos modernos!. A internet em São João da Barra é quase que um BBB ou mesmo o programa "A Fazenda". De vez em quando tem um no paredão! Imaginem então, com a chegada da Cidade Digital Radical! Vamos ter muitas preocupações com as microcâmeras espalhadas por aí... Sorria! você está na net! Namorar na praça... nem pensar! 

E os "fakes" de hoje?. Ah, são as fofoqueiras de janelas de treliças de ontem! Caramba! Veem tudo, sabem de tudo, inventam tudo, aumentam tudo, espalham tudo, mas não querem ser identificados (as)!

Acredito que em breve, teremos também em São João da Barra, um confessionário virtual! Os pecados cairão na net, como que pitangas maduras caem nas restingas, em tempos de verão. Se o padre imprimir algumas confissões, creio que a lista de pecados chegue à Atafona! Outras irão para Grussaí e outras serão maiores que o pier de acesso do Porto do Açu! Vai ser um varal religioso e cultural ao mesmo tempo, se pendurados para o público!

Ainda ontem, um bom número de pessoas se reuniu em frente à Igreja de São Pedro. O fato do dia era se a cruz da torre a igreja cairia ou não. Foi juntando gente, foi juntando palpiteiros, foi juntando beatas, foi juntando curiosos, alguns do bar ao lado diziam que estavam vendo a cruz muito torta (ilusão de ótica e etílica juntas), outros diziam que "aquilo" era um sinal divino, pois a cruz apontava, com uma sombra, para uma pousada quase em frente. Enfim, só faltou a tieta (da novela da globo) subir no mastro e consertar o símbolo religioso, tal qual Sônia Braga fez, em "Gabriela - Cravo e Canela", ao pegar uma pipa no telhado e que parou a pequena vila de pescadores, fazendo alguns moradores quase enfartarem por causa da saia curta de "xita" da personagem.

Diante de tanto acontecimento nesta cidade de Narcisa Amália, não duvido nada se aparecer o "Zé Galinha", sobrevoando a Igreja São Pedro com asas nas costas, e em baixo, o Zeca "Fút", pelado, montando um cavalo branco e gritando: "Cabrunco! Cabrunco, carrapato lamparão!"

Coisas de Brogodó, Sucupira, Morde e Assopra... e San Juan!

    

quinta-feira, 21 de julho de 2011

USINA HIDRELÉTRICA DE ITAOCARA - VAI COMEÇAR TUDO DE NOVO...

Vários municípios tiveram as audiências públicas para debaterem a construção da Usina Hidrelétrica de Itaocara. Amanhã, dia 22/07, será a vez do povo de Itaocara comparecer ao estádio municipal, às 18 horas e 30 minutos, para conhecer o projeto.

Vale lembrar que a ONG COCIDAMA de São João da Barra já participou, em anos anteriores, de diversas audiências da UHE Itaocara e PCH Pomba e Cambuci levando as preocupações do povo da foz do Rio Paraíba do Sul. A situação para o nosso Rio Paraíba do Sul será bastante preocupante. O Estado de São Paulo ainda pensa em desenvolver projetos de transposição das águas do Paraíba...

terça-feira, 19 de julho de 2011

SÃO JOÃO DA BARRA, A TERRA DOS INCRÍVEIS APELIDOS...

Entre tantas outras curiosidades que existem em São João da Barra, o escritor sanjoanense, Carlos Sá, traz em seu blog uma lista de apelidos para lá de curiosos e engraçados. Eu já fiz a minha contribuição, inclusive, com a indicação de apelidos de meus familiares e conhecidos. E você?

Passe no blog do Carlos Sá e dê sua sugestão!

Zé Conhaque, Ximbica, Pipita, Careca, Badeco, Nôno Carcereiro, Garrucha, "Zanga", Benedito Fogueteiro, Benedito "Depoente", Gá, Baeca, Nhonhô, Galista, Furinga, Zé Galinha, Zezé Barbudo e muitos outros, foram as minhas indicações... No site do Carlos Sá tem mais! Muito mais! Participe!

domingo, 17 de julho de 2011

SÉRIE FAUNA SANJOANENSE - UMA CORUJA BURAQUEIRA

Foto: Coruja buraqueira nas ruínas do Pontal de Atafona. Crédito da foto: Andre Pinto / Julho 2011.
Foto: Coruja buraqueira nas ruínas do Pontal de Atafona. Crédito da foto: Andre Pinto/ Julho 2011.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

PROJETO CINE AMBIENTAL DO NEA/SEMASP ESTEVE NA ESCOLA MUNICIPAL LUIS DÉLIO MENDONÇA, EM CAZUMBÁ

Foto: O Cine Ambiental SEMASP esteve na Escola Municipal Luis Délio Mendonça, em Cazumbá, nesta sexta-feira, 15 de julho de 2011. Foto: Andre Pinto

Foto: Estudantes do 4º e 5º anos ,da Escola Municipal Luis Délio Mendonça, em Cazumbá. Foto: Andre Pinto.

Foto: Os técnicos da SEMASP, Marco Pacheco e Walmir Lopes Baldino, conversaram com os estudantes sobre as questões ambientais. Foto: Andre Pinto.

Foto: Andre Pinto, do NEA/SEMASP, conversou com os estudantes do Luis Délio Mendonça, sobre o projeto COLETA SELETIVA NA ESCOLA. Foto: Walmir Lopes Baldino.


NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SEMASP VISITOU CAZUMBÁ
NESTA SEXTA-FEIRA

A Escola Municipal Luis Délio Mendonça, na localidade de Cazumbá, recebeu nesta sexta-feira, a equipe do Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra, com  o projeto CINE AMBIENTAL SEMASP.

Entre as atividades desenvolvidas com as turmas de 4º e 5º anos, estavam a apresentação de filmes ambientais seguidos de debates com os estudantes, bem como houve uma conversa com os mesmos sobre o PROJETO COLETA SELETIVA NA ESCOLA, desenvolvido pela SEMASP, SEMEC e empresa União norte Fluminense, em primeira fase, nas localidades do 1º, 2º e 3º Distritos.

Segundo o assessor de Planejamento e Gestão Ambiental da SEMASP, Andre Pinto, no próximo semestre, as escolas do 4º, 5º e 6º Distritos estarão recebendo também a ampliação do projeto de coleta seletiva, inicialmente com a visitação da equipe do NEA/SEMASP às escolas municipais destes distritos.


Ficou combinado com a direção da Escola Municipal Luis Délio Mendonça, de Cazumbá, que no início das atividades escolares, em agosto próximo, serão feitas distribuições de mudas frutíferas para estudantes, professores e pessoal de apoio da referida instituição, com mais uma atividade que englobará palestras e saídas de campo, afirmou o Sub-secretário Municpal de Meio Ambiente, Alex Firme.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

FONTES DE ENERGIA, FAUNA E COLETA SELETIVA FORAM TEMAS DE PALESTRA EM ESCOLA MUNICIPAL

Foto: Estudantes da Escola Municipal Belmiro Ribeiro Alves, em Perigoso, aderiram ao projeto Coleta Seletiva na Escola. Crédito da foto: Andre Pinto.
PALESTRAS SUSTENTÁVEIS


O Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra - NEA/SEMASP, realizou, nesta manhã de quarta-feira, mais um ciclo de palestras sobre a fauna, fontes de energia renováveis e coleta seletiva, na escola municipal Belmiro Ribeiro Alves, em Perigoso.

Os técnicos ambientais Luiz Henrique Vieira Araújo e Marco Antônio Manhães Pacheco, promoveram uma dinâmica de grupo com os estudantes do Belmiro Ribeiro Alves, fazendo palestras sobre a fauna, a cadeia alimentar, a revegetação natural de áreas degradadas, entre outros temas, além de promoverem canções com uma flauta doce, como a contação das historinhas do "Lobo Mau", "Dona Chica" e o "Coelho da Páscoa", sempre vinculadas às questões ambientais.


Foto: Os estudantes do Belmiro Ribeiro Alves, em participação ativa, nas palestras do NEA/SEMASP. Crédito da foto: Andre Pinto.
Também foram apresentados dois filmes em animação, falando da coleta seletiva , denominado "Tá Limpo" e outro filme falando sobe as energias renováveis , denominado "Meu Pequeno Planeta", uma produção francesa de muito sucesso com as crianças, cujo personagem principal é uma inteligente aranha com chapéu de bruxa.


Foto: Exibição do filme "Meu Pequeno Planeta", uma produção francesa de desenhos infantis. Crédito da foto: Andre Pinto

Foto: Exibição do filme "Tá Limpo", que fala da coleta seletiva na comunidade. Crédito da foto: Andre Pinto

Houve também uma conversa com os estudantes, feita pelo assessor de gestão ambiental da SEMASP, Andre Pinto, onde o assunto foi o projeto COLETA SELETIVA NA ESCOLA, desenvolvido pela SEMASP, SEMEC e União Norte Fluminense, que vem atendendo, nesta primeira fase, a algumas escolas do 1º, 2º e 3º Distritos do município. 

No final das palestras, os estudantes da Escola Municipal Belmiro Ribeiro Alves, puderam conhecer melhor a utilização dos coletores coloridos que foram colocados no interior da mesma, no momento da sua reinauguração. A Diretora da instituição, Leandra Paes, gostou do trabalho do NEA/SEMASP e mostrou que já vem desenvolvendo trabalhos internos com os estudantes, a exemplo de folhas com desenhos e mensagens sobre a importância da coleta seletiva na escola e no bairro.


Foto: Os coletores instalados no interior da Escola Municipal Belmiro Ribeiro Alves, no Perigoso. Crédito da foto: Andre Pinto.

Na próxima semana, o NEA/SEMASP fará uma reunião interna para fazer um balanço das iniciativas já tomadas no projeto e uma avaliação do processo, que deve ter melhorias com a experiência de cada instituição, afirmou o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Marcos Antônio Sá Machado.


Informações sobre o projeto podem ser conseguidas através do telefone (22) 2741-7878 R: 261 , com representantes do NEA/SEMASP.

terça-feira, 12 de julho de 2011

ESCOLA MUNICIPAL BELMIRO RIBEIRO ALVES, NO PERIGOSO, COM O PROJETO COLETA SELETIVA NA ESCOLA

Foto: Estudantes da Creche João Rodrigues Pinto estão sendo atendidos pelo projeto "COLETA SELETIVA NA ESCOLA". Arquivo SEMASP.

COLETA SELETIVA NA ESCOLA TEM PROSSEGUIMENTO NESTA SEMANA

A diretora da Escola Municipal Belmiro Ribeiro Alves, da localidade do Perigoso, Leandra Paes, receberá a equipe do Núcleo de Educação Ambiental da SEMASP, juntamente com os estudantes, professoras e pessoal de apoio, nesta quarta-feira, 13/07, para promover o projeto COLETA SELETIVA NA ESCOLA, desenvolvido pelas Secretarias Municipais de Meio Ambiente e Educação, juntamente com a empresa União Norte Fluminense.

Na oportunidade, serão apresentadas palestras de educação ambiental, filmes e desenhos animados sobre a coleta seletiva e dinâmica ambiental, dada pelos técnicos de meio ambiente da SEMASP. Os coletores coloridos já foram instalados no interior da escola, no momento da reinauguração da mesma, em junho passado e já compõem o universo visual-funcional da instituição.

O horário previsto para o início da visitação do NEA/SEMASP à escola será por voltas das 8 horas e 30 minutos. Boa parte das escolas pertencentes à primeira fase do cronograma do projeto já foram atendidas e estão sendo monitoradas pelo NEA/SEMASP, entre elas,  Dionélia G. Santos, Amália de Souza Paes, Evanir José Gaia, Educandário Santa Cecília, Ciep Professora Gladys Teixeira, Centro Especial de Educação Nossa Senhora de Aparecida e Creche João Rodrigues Pinto.  

REUNIÃO DO GEOPARQUE, EM IGUABA E BÚZIOS, CONTOU COM APOIO DO NÚCLEO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DE SÃO JOÃO DA BARRA

Foto: A geóloga,  Dra. Kátia Mansur, em reunião sobre GEOPARQUE, em de Iguaba Grande, nesta segunda-feira. Crédito da foto: Andre Pinto. 

SÃO JOÃO DA BARRA TERÁ PALESTRA SOBRE GEOPARK

O projeto GEOPARK ( termo em inglês dado pela UNESCO), vem conseguindo ótimas adesões quanto à parcerias firmadas com instituições públicas e privadas. Várias reuniões vem sendo feitas em diversos municípios que fazem parte do projeto, municípios estes, que deverão ter aprovadas a "certificação única como GEOPARQUE" junto à UNESCO, pelos atrativos naturais que tem, que englobam desde os costões rochosos de Maricá até as lagoas hipersalinas de São João da Barra.

O Projeto, que não se confunde nem um pouco com a criação de unidades de conservação (Lei do SNUC), também não tem nenhum caráter de intervenção negativa que venha a prejudicar as populações que residem no entorno dos conhecidos sítios já catalogados por cientistas e especialistas, como geólogos, paleontólogos, historiadores, oceanógrafos, entre outras profissionais. O Projeto GEOPARQUE, na verdade, é um só para todos os municípios envolvidos e que estão interligados por seus atrativos naturais e científicos. Cada município deverá sim, ter a sua gestão do sítio catalogado bem como incentivar as populações do entorno na melhor qualidade de vida através da geração de renda solidária, criação de produtos e serviços sustentáveis, proteção ao meio ambiente, etc.

O projeto GEOPARQUE é sustentável, pois visa inserir as comunidades do entorno dos sítios já catalogados pelo SIGEP, DRM, INEPAC, IPHAN e universidades, na participação do turismo, geração de renda através do artesanato, ecoturismo, culinária, tradições e costumes locais, além de fomentar o empreendedorismo com a elaboração de roteiros científicos e ecológicos  (um exemplo é o Caminhos de Darwin), criação de pousadas ecológicas e científicas, além de outros benefícios.

A Equipe do Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra esteve, nesta segunda-feira, nos municípios de Iguaba Grande e Armação de Búzios, ambos na Região dos Lagos, para poder dar a sua contribuição no processo de criação do "GEOPARQUE dos Costões Rochosos e Lagunas". O Sub-secretário Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra, Alex Sandro Matheus Firme, esteve no evento para fazer contatos com as instituições envolvidas e conferir como estão sendo feitos os preparativos do município de São João da Barra para a realização da palestra informativa que deverá acontecer em São João da Barra ainda neste mês de Julho.

Foto: Dra. Kátia Mansur, O Sub-secretário Municipal de Meio Ambiente, Alex Firme, o Guia em Turismo Científico da SEMASP, Andre Pinto e o Sub-secretário Estadual de Trabalho e Renda,  Sr.Álvaro Pessanha, em reunião na Prefeitura de Iguaba Grande. Foto de Walmir Lopes Baldino. 
Foto: O Guia em Turismo Científico da SEMASP, Andre Pinto, a Cientista Dra. Gisele Vasconcelos o Sub-secretário Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra, Alex Firme, em reunião do GEOPARQUE, na cidade de Armação dos Búzios. Foto de Walmir Lopes Baldino.
A palestra, que terá o cunho de informar aos munícipes de São João da Barra o quem vem a ser um GEOPARQUE, será proferida por cientistas de universidades do Rio de Janeiro, a exemplo da geóloga, Dra. Kátia Mansur (licenciada do Departamento de Recursos Minerais do Rio de Janeiro - DRM), que já dissertou trabalho de doutorado sobre a criação de GEOPARQUES no mundo e no Brasil, além da participação de representantes do IPHAN, INEPAC, Ministério da Ciência e Tecnologia, Museu Nacional, etc.

Na oportunidade do evento, os técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de São João da Barra farão uma apresentação sobre os aspectos históricos, econômicos e ambientais de São João da Barra, bem como deverão realizar um city tour no centro histórico da cidade, levando os cientistas, representantes das universidades e das cidades envolvidas no projeto Geoparque, do INEPAC, IPHAN e SIGEP, a conhecerem o Cais do Imperador, A Igreja Matriz, A Fábrica de Conhaque de Alcatrão, o Cine Teatro e a Estação das Artes Derly Machado.

O encontro está para acontecer neste mês de julho, na segunda quinzena, e é bem provável que seja feito na recém restaurada Casa da Câmara e Cadeia - Casa de Cultura João Oscar do Amaral Pinto.


ESTROMATÓLITO DA LAGOA SALGADA VAI VIRAR HISTÓRIA EM QUADRINHOS

Foto: A Dra. Gisele Vasconcelos apresentou aos presentes da reunião do GEOPARQUE, em Iguaba  e Armação dos Búzios, a coleção "Os Super Feras", onde a revista do centro da foto, trata do tema sobre os estromatólitos da Lagoa Salgada, em São João da Barra, sob o tema "Hipólito, O Estromatólito". Foto de Andre Pinto.

Uma grande surpresa para os membros do Núcleo de Educação Ambiental da SEMASP, foi ter tido a notícia no evento desta segunda-feira, em Iguaba e Armação dos Búzios, de que os estromatólitos carbonáticos que existem na Lagoa Salgada, no 5º Distrito deste município, vão virar personagens de histórias em quadrinho, sob o tema "HIPÓLITO, O ESTROMATÓLITO", que fará parte de uma publicação em coleção intitulada "Os Super Feras" juntamente  com outras histórias geológicas que serão distribuídas às escolas públicas, envolvidas no projeto GEOPARQUE.

Para o NEA/SEMASP, este será mais um material didático em que a equipe, que já vem trabalhando com estudantes a formação da Lagoa Salgada em SJB, poderá utilizar para um público ainda com maior capilaridade, como as criancinhas que residem em localidades ao entorno da Lagoa Salgada. O projeto de publicação da coleção será apresentado em São João da Barra, ainda este mês.