terça-feira, 19 de maio de 2009

EU ASSISTI OS DOCUMENTÁRIOS E TIREI MINHAS CONCLUSÕES, E VOCÊ? NÃO VAI VER TAMBÉM ?

A história de Conceição do Mato Dentro (CMD) começou com a MMX e Eike Batista, detentoras do direito minerário da região. O alvo é a Serra da Fumaça, parte da Serra do Espinhaço (região tombada pela Unesco pela Biodiversidade). O tombamento da região foi feita por uma Lei Municipal, mas que na calada da noite, a Câmara Municipal se reunião e alterou a região tombada, "arredando" para mais próximo do munícipio de CMD, liberando a área de interesse para a mineração. A MMX associou-se a Anglo American, surgindo então a Anglo Ferrous, para "tocar" o empreendimento em CMD, no qual pretendem retirar o minério em uma cava a céu aberto, com uma extensão de +/- 40 km, no coração do Espinhaço ( Bioma único, devido ao encontro da Mata Atlântica com o Cerrado) . Paralelamente, em um outro processo de licenciamento ambiental, a MMX solicitou licença para contrução de um mineroduto para transporte do minério de CMD até a cidade de Porto Açu, Rio de Janeiro.Observem isso!!!!! A água que será gasta POR HORA COM O MINERODUTO, será equivalente ao abastecimento DIÁRIO de uma cidade com porte equivalente a CMD. O mais estranho é que a licença para o mineroduto saiu primeiro que a licença para a mineração. COMO JUSTIFICAR QUE O GOVERNO DEU LICENÇA PARA CONSTRUIR UM MINERODUTO PARA TRANSPORTAR UM MINÉRIO QUE NÃO TINHA LICENÇA PARA SER EXTRAÍDO?Vamos somar ao fato que o minério a ser extraído é financeiramente, pobre. Para cada tonelada de minério, serão gerados 1,21 toneladas de rejeitos!São tantas incongruências, atrocidades, mandos e desmandos, atropelos administrativos que favorecem às empresas mineradoras, que, apesar de ter vivido, presenciado e chorado com os acontecimentos, dificilmente conseguiria relatar tudo em poucas palavras. Somente acrescentarei a informação de que o Plano Diretor atual e vigente em CMD, não permite a atividade minerária no município! Como? Não sei....Gostaria que ASSISTISSEM E DIVULGASSEM o Vídeo " ( Flavia Lilian)

Fonte: Blog Pensar Eco, é lógico.

MATÉRIA EXTRAÍDA DO JORNAL DO MEIO AMBIENTE - AS OPINIÕES E DECLARAÇÕES DESTA MATÉRIA SÃO DE EXCLUSIVIDADE DE SEUS PRODUTORES.

Um comentário:

Pacheco disse...

PELO QUE EU ENTENDI É IGUAL A EPOCA DA DITADURA,CHEGA TOMA CONTA FAZ E DESFAZ SEM IDENIZAR AS FAMILIAS OU EU ESTOU ENGANADO.
GOSTARIA DE ESPRICAÇÕES SE EU ENTENDI ERRADO.
OBRIGADO.

FRANCISCO JOSÉ